segunda-feira, 10 de setembro de 2018

A Cômoda Posição de Vítima


Sabe aquele sujeito que vive dizendo que não consegue realizar seus projetos sempre por culpa de alguém? Ou aquela pessoa que passa o tempo todo dizendo que não é feliz no amor por culpa da mãe? Ou ainda o aluno que diz que foi reprovado por culpa do professor que é antipático?

Claro que você já viu e ouviu dezenas, centenas de pessoas que dizem coisas como essas. Nós mesmo dizemos muitas vezes coisas assim. É a posição de vítima. Os culpados são sempre os outros, há sempre uma história vilã que nos faz de vítimas.

É uma cômoda posição na vida. A gente não avança, não sai do lugar por causa sempre do outro. Nunca por nossa responsabilidade.

Outro dia eu me peguei dizendo que não conseguia escrever um livro que tenho em projeto por que ia ser impossível encontrar uma editora para publicá-lo. Isso é a posição de vítima: não escrevo porque não encontrarei editora. Quando percebi isso logo depois descobri que há sites onde você pode publicar e vender seu livro em formato digital. Estou escrevendo o livro. Avancei, venci a antiga crença que me vitimizava.

Nós somos responsáveis por tudo o que acontece na nossa vida. Aqui e agora. O Passado já foi e o Futuro nem chegou ainda. Portanto deixe de fora as historinhas velhas, remoídas, que você vive contando pra você mesmo e avance na vida. Você é a ação, no aqui e agora.

Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; blogdobemvindo.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.