segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

“Luz, Mais Luz!!”


O título deste post foram as últimas palavras pronunciadas por Goethe no seu leito de morte.

Sentado na varanda de minha casa observava a luminosidade da tarde carioca. O Sol derramava sua luz, soberano, por sobre todas as coisas. Muita luz. Um maravilhoso espetáculo sob um radiante céu azul.

Fiquei pensando como nós, seres humanos buscamos a luz. Fomos feitos para ansiarmos pela luz. Mesmo à noite amamos e buscamos a luz. As mais belas noites, para nós, não são as noites escuras sem luar, tenebrosas. São as estelares, com o firmamento iluminado pela luz das estrelas, e coma Lua em todo o seu esplendor. Nestas horas, os ricos de espírito cantam felizes a melodia que Catulo imortalizou: “Luar do Sertão”.

Uma incessante busca pela luz. Podemos não ser seres de luz, como os personagens alienígenas do filme “Cocoon”, mas com certeza estamos sempre em busca de nos tornarmos luminosos também.

Continuemos buscando, luz, mais luz!!!

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com

Um comentário:

  1. Convocamos a luz para podermos esconder as sombras. Gostei muito do texto.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.