segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

As Lutas Libertárias Nos Dão a Razão de Ser

Quixotescos? Sim! Mas sempre vivos!No final a gente vence!

Quando eu falo de lutas libertárias falo de todos os tipos de lutas que tem por objetivo a libertação do homem, quer dos opressores e exploradores de seu país até a libertação dos grilhões das drogas. Quer da luta de uma mãe pela instrução e cuidados com seu filho para que seja um homem livre e independente, quanto das lutas libertárias dos que buscam a salvação da sua alma.

Da política a religião; da família aos vícios, todos os que lutaram por sua libertação e pela libertação de seu próximo sabem o gosto bom de ter vivido uma vida profícua. Uma vida com histórias para se contar e para se orgulhar.

Ai dos covardes! Ai dos omissos! Ai dos submissos às prisões da alma e da existência. O que terão para dizer sobre suas vidas? Que lutas travaram, para poder festeja-las depois? Que vitórias terão para se orgulhar? Que medalhas trarão no peito da existência para que possam ser felizes por terem vivido uma vida libertária?

A História do Homem é a História da luta pela sua libertação: política, social, cultural, espiritual...qualquer que seja. Mas que haja luta, só assim nos sentimos vivos e ao final podemos dizer a que a vida teve razão de ser.

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.