segunda-feira, 6 de novembro de 2017

O Poder da Paz e da Conciliação


O ódio que vem se instalando no País não existe apenas entre oponentes políticos. A questão do Uber é um desses flagrantes.

Casos de passageiros agredidos, motoristas espancados, ruas e vias fechadas com motoristas armados de paus e porretes...tudo isso vem sendo assistido por cidadãos consumidores de serviços de taxi, independente sejam os veículos pretos, amarelos ou brancos.

Há uma intolerância generalizando-se. Em todos os setores. Eu mesmo já comentei aqui a agressão de que fui vítima apenas porque pedi a uma jovem que cedesse seu lugar a uma idosa que a ele tinha direito.

Todos nós temos grande responsabilidade pelo apaziguamento deste ódio que começa a corroer as bases da Nação. Sobretudo nós que somos os chamados “formadores de opinião”.

Temos um Poder que pode muito bem-estar a serviço do lado bom da vida, como pode servir aos mais inferiores campos energéticos.

Vamos clamar pela Paz e pela conciliação e tolerância. Tarefa de todos nós, dia a dia.

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com
Foto: Rammel Chan, Stephenie Soohyun Park e Francis Jue em "King of the Yees" (Craig Schwartz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.