segunda-feira, 25 de setembro de 2017

O Senhor de Todas as Plantas Verdes


Quando na Bíblia Deus diz ao Homem, em Gênesis, que ele será o senhor de toda a terra e dominará os peixes, as aves e os animais, as plantas verdes e tudo mais que lhe servir de alimento, estava entregue ao homem a tarefa de dominar, mas como soberano de ser justo e generoso.

E não é o que temos feito. Uma vez soberanos de toda a terra só temos feito massacrar nossos súditos e aqueles de quem deveríamos cuidar por serem inferiores e, portanto, submetidos a nós.

Há tempos atrás seu não tinha um jardim. Criei a pouco e pouco um jardim, e hoje sento-me feliz entre as plantas e fico ali a observa-las e a senti-las. Samambaias, crótons, jiboias, alfinetes, comigos ninguém pode, violetas... uma infinidade. Sento-me entre elas e sinto-me protegido e sinto o agradecimento delas para comigo pela proteção que lhes dou e que elas me retribuem.

Elas têm vida. São animadas. Portanto se são animadas, têm alma. São criaturas, foram criadas como nós na Natureza.

São matéria viva, e não podemos recria-las, tudo que podemos é ajuda-las a se recriarem. Posso criar os prédios de concreto que vejo em frente ao jardim. Mas ali – os prédios - é matéria morta. Sem vida. Inanimada.

Quando me sento entre elas sinto que há uma vida em torno de mim, dependendo de mim, do meu carinho, da minha atenção. Criaturas como eu, mas dependendo de mim. Uma troca: eu cuido delas e elas em troca me dão paz, meditação, sossego, silêncio e beleza.

Sou, como homem, dotado de alma superior, senhor delas e não seu algoz. Ser seu algoz é não ter compreendido nada da essência da vida.

Obrigado, minhas verdes criatura do reino vegetal…

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

O Baixo Astral

Fuja sobretudo de quem tem o mau olhar

Já lhe aconteceu olhar para uma pessoa e pensar” não gostei da cara dessa pessoa? “ Um pré-julgamento sem nenhuma base racional. Pois é, já aconteceu sim. Acontece com todos nós a toda hora. Talvez a energia daquela pessoa seja boa para outros mas para a nossa não bate legal. Fuja dela. Siga sua intuição.

Quando eu era jovem usávamos o termo “Baixo astral” para pessoas assim. Depois o termo mudou, caiu em desuso, mas a qualificação de “energia ruim” para pessoas desse tipo continua.

Não há explicação racional para isso. Talvez memórias remotas, talvez experiências desagradáveis com similaridade no passado...

Mas siga sempre sua intuição. Tenho um amigo que me diz:

- Bemvindo, quando você for falar com alguém e não gostar da pessoa, mantenha esta sua primeira impressão. Porque logo depois vem uma segunda, que é racional, que se interpõe dizendo que você está sendo severo demais no julgamento dessa pessoa, que ela ´=e legal e que você está enganado.

Nunca!!! Você está certo. Siga sua primeira impressão sempre. Toda vez que eu não fiz isso me dei mal, mais cedo ou mais tarde

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

A Tela de Proteção


Estava sentado à varanda e comecei a observar a tela que colocamos para proteção de nossos netos, ainda crianças.

Um fio que se liga a outro que se liga a mais outros e vários que se ligam a vários, e uma infinidade interligados entre si.

Fiquei pensando se de alguma forma nós humanos não somos exatamente assim? Cada um interligado ao outro. Todos animados pela mesma anima, todos movidos pelo mesmo animus. Quando forço a tela num ponto todos os fios próximos se contraem ou esticam conforme a posição, sofrem efeitos imediatos e próximos, mas também, mesmo os fios mais distantes reverberam o toque e o movimento.

Fiquei pensando: se nós, humanos formos exatamente assim como essa tela. O estupro e violentação de uma adolescente ainda que distantes do meu “mundo” de alguma forma me toca, me distende, me contrai, me responsabiliza e vibra em mim.

Seria essa corrente de almas humanas um fato como os fios reais da tela de proteção? Violência reflete violência em todos os demais? Placidez e pacificação refletem paz e sossego em todos os demais?

Pensando assim o meu próximo, e o próximo do meu próximo e o próximo e mais o próximo estamos todos ligados. Somos um só corpo, um só espírito.

Atentemos para isso como atentei para a tela de proteção da minha varanda.

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Não Aguento Mais Tanto Blablablá


Ando tão atoleimado com o clima atual do País que sequer consigo pensar no que escrever neste blog, como sempre o faço.

Fico muito triste de ver o País o povo brasileiro dividido, sobretudo sabendo que grande parte deste ódio foi fomentado por certo tipo de mídia que há décadas domina o pensamento nacional.

Não vejo a hora desta tempestade amainar e voltarmos à fraternidade que sempre caracterizou o nosso povo.

Há dois anos o País está parado. Há dois anos uma crise política gerada por quem não soube perder lançou o País em caminhos obscuros e incertos.

Não vejo as lideranças envolvidas pensando no País, vejo-as pensando apenas no Poder, em que pese os belos discursos pretensamente altruístas e humanistas.

Queira Deus que na segunda feira amanheçamos pacificados.

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com