segunda-feira, 3 de abril de 2017

O Mundo Maravilhoso dos Youtubers

Muita informação para ser consumida.

Como um profissional das artes cênicas que também faço meus shows de humor, hoje chamados de stand ups, fiquei impressionado nos últimos anos com as miríades de jovens que lançarem-se em todos os espaços tentando ser engraçados e ganhar uns trocados exibindo-se com o chamado “humor em pé”.

A onda está passando. Mas...como diz Drummond em uma de suas poesias “...de tudo fica um pouco”. E ficaram uns poucos por aí. Vão restando os talentosos e perseverantes. Mas houve época que em qualquer “cave” encontrávamos um jovem vestido casualmente tentando ser um novo Charles Chaplin, ou um renovado Woody Allen.

São tantos quanto os violeiros de bar que encontramos em punhados pelas cantinas e botequins das madrugadas sertanejas. Minas tem em torno de 700 municípios. Creio que no interior, em cada um deles há pelo menos dois seresteiros tentando ser Milton ou Djavan, e vão ganhando seus trocados. Alguns talentosos. A maioria: medíocre.

Mas, antigo que sou (pra não me nomear velho) desconhecia o movimento dos youtubers. É um universo fantástico. São milhares de jovens (alguns até com menos de dez anos) tentando ser cada um deles mais criativos e originais que os outros. No Brasil são dezenas de milhares. No mundo, milhões. Cada um com seu canal. A maioria tentando “estourar” em sucesso com seu nicho e faturar uma graninha. Outros apenas desejam divertir ou informar. Como entre os “standapeiros” e os violeiros, alguns tem talento e perseverança. Estes conseguem em um único dia ter 400.00 visualizações, o que convenhamos é mais que a tiragem diária dos maiores jornais do País. É um fantástico universo. Encontramos todos os temas. Desde como fazer uma pintura de unhas e delinear cílios até como desmontar um motor de uma BMW. Cada um escolhe o nicho que lhe aprouver. Munidos na maioria das vezes apenas com uma câmera de smartphone fazem a distração de milhões.

Eu sabia que existia este universo, mas foram minhas duas netas, pré-adolescentes que me iniciaram nesta viagem pelo mundo dos youtubers.

Eu mesmo gostei e tornei-me um deles. É divertido. É um forte instrumento de comunicação e informação que trabalha solto entre a tradicional e estabelecida mídia de jornais e tvs.

Quando eu me lembro que, na minha juventude, para divulgar uma ideia, tínhamos que datilografar e distribuir em poucas cópias de carbono, ou então melar as mãos em mimeógrafos a álcool com edições que não chegavam a uma centena de cópias...fico estarrecido com a revolução que ocorre na tela de cristal líquido do meu tablet.

Experimente. É uma tentação.

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com;

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.