segunda-feira, 20 de julho de 2015

Eu tive um sonho


...e vossos velhos sonharão..." Jl 2.28

Pois eu sonhei...que os artistas brasileiros não teriam uma única tv para trabalhar...uma única gravadora para divulgar suas músicas...um único jornal para publicar suas peças...

Sonhei... que o povo brasileiro poderia ser melhor informado...que o povo não seria manipulado por uma única rede de comunicações para eleger os interesses dos poderosos...que fraudes eleitorais como a da Proconsult nas eleições cariocas não aconteceriam mais...que novelas coloridas para eleger um colorido seriam denunciadas...

Sonhei...que os artistas não mendigariam trabalho como fantasmas em corredores...e que seus salários seriam dignos e não seriam esmolas distribuidas ...

Sonhei...que a mentira veiculada não seria mais a "verdade absoluta" e que a verdade nos libertaria...e que o povo saberia distinguir entre a pomba e a serpente...

Sonhei... que o "Big Brother" ( George Orwell) não vigiaria a nossa vida...e que zapeando pela vida poderíamos escolher nossos próprios caminhos, cultura, padrões e gostos...

Não me envergonho da minha velhice; sequer me envergonho de sonhar e continuar sonhando. Acredito nos meus sonhos.

"É preciso sonhar, mas com a condição de crer em nosso sonho, de observar com atenção a vida real, de confrontar a observação com nosso sonho, de realizar escrupulosamente nossas fantasias. Sonhos, acredite neles." Vladimir Lenin

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com;

2 comentários:

  1. Dizer o que mais?... PERFEITO! Sonhar é tão importante quanto viver, haja vista que é impossível viver sem sonhar.

    ResponderExcluir
  2. Sonhar é maravilhoso em qualquer idade...
    Um belo texto.
    Beijo.

    ResponderExcluir

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.