segunda-feira, 8 de junho de 2015

Cuidado, A Inveja Matou Abel: Defenda-se


A inveja matou Abel. Conta a Bíblia que por Deus ter aceitado a oferta generosa de Abel em detrimento da oferta avara de Caim, este movido pela inveja matou o próprio irmão.

Abel teria dado o melhor em sacrifício a Deus. Caim deixou por menos. Um sacrifício medíocre.

Esta é a base do invejoso: a mediocridade.

Não consigo imaginar alguém vitorioso em seus projetos e em sua vida ter inveja de quem seja medíocre ou perdedor.

Será sempre o perdedor, o medíocre, aquele que quer ganhar tudo com o mínimo de esforço e sacrifício quem terá inveja do vitorioso.

E a inveja manifesta-se em tudo. Não duvidem e não se esqueçam.

Não diz respeito apenas bens materiais, mas aos dons e pendores de cada um.

Não é impossível que uma vizinha inveje o bolo saboroso que a outra sabe fazer.

Ou que o poeta medíocre inveje a verve do poeta maior.

Ou até que o homem de pouca fé inveje a fé ardorosa do outro.

Mas não tenham dúvida a inveja, o olho gordo, ronda-nos todos os dias.

É preciso estar atento e forte. A inveja causa intrigas, desavenças,moléstias e até morte.

Temos que defender-nos de nós mesmos e dos outros.

De nós porque quando invejamos o outro confessamos nossa mediocridade e nossa baixa estima.

Dos outros porque a inveja é um mal que não se vê mas que está sempre ao derredor.

Cada um que procure seu jeito, mas defenda-se da inveja.

Caim guia o irmão para a morte. Obra de James Tissot

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com;
Foto: Espetáculo “NÁJOMNÍCI PÁNA SWANA” By marketa

Um comentário:

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.