segunda-feira, 13 de abril de 2015

Pablo Neruda – Poeta das Américas


O chileno Pablo Neruda, morto em 1973 durante a ditadura de Pinochet foi um Poeta libertário como foi um dos maiores poetas brasileiros: o condoreiro Castro Alves.

Neruda, relembrado hoje, fez um belo poema em homenagem ao poeta baiano:

Castro Alves do Brasil

Castro Alves do Brasil, para quem cantaste?
Para à flor cantaste? Para a água
cuja formosura diz palavras às pedras?
Cantaste para os olhos para o perfil recortado
da que então amaste? Para a primavera?...
...- Cantei para os escravos, eles sobre os navios
como um cacho escuro da árvore da ira,
viajaram, e no porto se dessangrou o navio
deixando-nos o peso de um sangue roubado.

- Cantei naqueles dias contra o inferno,
contra as afiadas línguas da cobiça,
contra o ouro empapado do tormento,
contra a mão que empunhava o chicote,
contra os dirigentes de trevas....

..._ Eu quis que do homem nos salvássemos,
eu cria que a rota passasse pelo homem,
e que daí tinha de sair o destino.
Cantei para aqueles que não tinham voz.
Minha voz bateu em portas até então fechadas
para que, combatendo, a liberdade entrasse.

Castro Alves do Brasil, hoje que o teu livro puro
torna a nascer para a terra livre,
deixam-me a mim, poeta da nossa América,
coroar a tua cabeça com os louros do povo.
Tua voz uniu-se à eterna e alta voz dos homens.
Cantaste bem. Cantaste como se deve cantar.

Antonio de Castro Alves

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com;

5 comentários:

  1. Esplêndidos: Neruda nas suas palavras dedicadas a Castro Alves, e Castro Alves pela luta que se adivinha através de Neruda. Dois autores que procurarei estudar melhor. Obrigada por esta oportunidade.

    Abraço

    Olinda

    ResponderExcluir
  2. Adoro Pablo Neruda, e acho que ele deixou uma bela obra para ser admirada por todos ao longo dos anos... Seus poemas são lindos!
    Abraços

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Do consagrado Neruda li apenas alguns escritos avulsos. Tenho muita vontade de ler uma obra de sua autoria. Amei o post.

    Beijão,
    Blog | Youtube | Instagram

    ResponderExcluir
  4. Toda a poesia de Pablo Neruda é excelente.
    Um beijo,

    ResponderExcluir
  5. Um gênio poético homenageando outro. Muito bom mesmoooooooooo.

    ResponderExcluir

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.