segunda-feira, 23 de março de 2015

Os Atores Trabalham Com o Verbo


Nós, atores, trabalhamos com o verbo.

É extatamente procurando qual verbo comanda a ação da cena, do texto, da peça ou do capítulo que descobrmimos como interpretar a nossa parte.

Porque o verbo é ação.
O verbo denota ação.

Por exemplo, em uma frase simples: "João atira uma pedra em Paulo!". Perguntamos: quem atira a pedra?João. Logo o protagonista desta ação é João. Isto determinará protagonista e antagonista, ou protagonistas e coadjuvantes.

O verbo sempre me fascinou, pois ele é que determina todas as ações.

Substantivos, advérbios, adjetivos, são como planetas e luas ao redor do sol que é o verbo.

No início da profissão, ou da vida mesmo, é muito dificil localizar o verbo, trabalhar sobre o verbo...
Mas com a maturidade profissional e vivencial a gente percebe o Verbo com a mesma facilidade com que um pescador percebe as marés.

Todo este preâmbulo é para dizer que uma das frases bíblicas que mais me impressiona é a que se encontra em João 1.1 :
"No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus".

Fico impressionado como gente tão antiga compreendia Deus como uma ação universal.
Uma permanenete ação.
Ação cósmica.
O Big Bang, a Luz, as Trevas, o universo, o multiverso, tudo em ação.
Tudo Deus. Tudo verbo.

"E o Verbo se fez carne"

Viajo nesta frase, é o momento em que o evangelista nos informa que somos a ação de Deus encarnada.

Nos informa que somos parte de um único Sistema que de tão perfeito só pode ser chamado de divino.

Escrito Por Bemvindo Sequeira

Colaboraram: Bemvindo Sequeira; entretenimento.r7.com;
Foto: Peça "Por Falta de Roupa Nova, Passei o Ferro na Velha" By Jefferson Hermida

9 comentários:

  1. Lindo texto!
    Sempre me intriga como os atores conseguem decorar seus papéis- às vezes, monólogos enormes. Não consigo memorizar nem meus próprios poemas...

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, amei ler aqui, sim, o Verbo, também gosto de pensar assim!
    Como a amiga Ana, também fico pensando como se consegue memorizar textos, eu também, assim como ela, não consigo nem memorizar os meus escritos, cada vez que os leio e releio fico dizendo a mim mesma, nossa, fui eu que escrevi isso? Pois é, são os mistérios da vida!
    Abraços e obrigada pelo carinho da visita lá no meu espaço!

    ResponderExcluir
  3. Agradecendo e retribuindo o carinho da visita, deixo registrado minha satisfação de descobrir e conhecer um pouco deste trabalho sensacional ... a arte e a cultura neste país tem mesmo q ser estimulada e aplaudida com iniciativas desta natureza ... parabéns pelos textos didáticos e exclarecedores ... seguindo para voltar sempre ...

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua visita ao meu blog e também conhecer teu espaço, tão lindo e cheio de coisas interessantes para nós, leigos, mas amantes da arte teatral!
    Estarei sempre por aqui também.
    um abraço carioca


    ResponderExcluir
  5. Feliz terça-feira!
    Agradecendo sua visita ao Perseverança, seja sempre bem vindo e quando nos visitar ao comentar deixe sempre o endereço de seu link para que possamos divulgar para outros leitores.
    Sua página é bem interessante e colorida, cores que nos mostram que a vida está nos palcos e basta apenas nós mesmos fazer o final feliz.
    Fraterno abraço
    Nicinha

    ResponderExcluir
  6. Amei ler e reler, embora a lição seja, textualmente simples, o conteúdo é muito importante que, seja bem assimilado, por quem sente prazer em criar imagens, escrevendo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. "No princípio era o verbo". Depois vieram os actores para o ritualizarem...
    Um beijo, amigos.

    ResponderExcluir
  8. Olá!!! Já estou eu por aqui!!! Amei o blog, assim como o post!!!
    Beijos e beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde.
    Um texto excelente, bem esclarecedor, sempre tive curiosidade de saber como os atores memorizava tantos textos. Um feliz dia.
    Abraços.

    ResponderExcluir

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.