quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Grande Otelo: Referência do Teatro e do Cinema


Grande Otelo, pseudônimo de Sebastião Bernardes de Souza Prata foi um famoso ator e compositor brasileiro, o qual ficou conhecido principalmente pela sua participação em filmes e comédias nos anos 1940/1950/1960.

Grande Otelo nasceu na cidade de Uberlândia, no estado de Minas Gerais (Brasil), sendo nesse local que conheceu uma companhia de teatro mambembe e foi embora com eles, com o consentimento da diretora do grupo, Abigail Parecis, que o levou para São Paulo.

Otelo então voltou a fugir, e foi parar no Juizado de Menores, onde foi adotado pela família do político Antonio de Queiroz. Otelo estudou então no Liceu Coração de Jesus até a terceira série ginasial.

Participou na década de 1920 da Companhia Negra de Revistas, que tinha Pixinguinha como maestro.


Foi em 1932 que entrou para a Companhia Jardel Jércolis, um dos pioneiros do teatro de revista. Foi nessa época que ganhou o apelido de Grande Otelo, como ficou conhecido.

No cinema, participou em 1942 do filme "It's All True", de Orson Welles.

Orson Welles considerava Grande Otelo o maior ator brasileiro.

Otelo fez inúmeras parcerias no cinema, sendo a mais conhecida a com Oscarito.

Oscarito e Grande Otelo Formaram a Dupla de Ouro do Cinema Brasileiro

Depois os Produtores Formariam Uma Nova Dupla Dele Com o Cômico Paulista Ankito.

No final dos anos 50, Grande Otelo apareceria em dupla em vários espetáculos musicais e também no cinema com Vera Regina, uma negra alta com semelhanças com a famosa dançarina americana Josephine Baker.

Com Vera Regina em "O Dono da Bola (1961)"

Com o fim da dupla com Vera Regina, Otelo passaria por um período de crise até que voltaria ao sucesso no cinema com sua grande atuação do personagens título de Macunaíma (1969), filme baseado na obra de Mário de Andrade.

Em "Macunaíma" (1969) Otelo Fez um Tremendo Sucesso 

Participou também do filme de Werner Herzog, Fitzcarraldo, de 1982, filmado na floresta amazônica.

A partir dos anos 1960 Otelo passou a ser contratado da TV Globo, onde atuou em diversas telenovelas de grande sucesso, como "Uma Rosa com Amor", entre várias outras.

Também trabalhou no humorístico Escolinha do Professor Raimundo, no início dos anos 1990.

Foto: Divulgação Rede Globo

Seu último trabalho foi uma participação na telenovela Renascer, pouco antes de morrer.

Grande Otelo morreu em 1993 de um ataque do coração fulminante, quando viajava para Paris para uma homenagem que receberia no Festival de Nantes.


Grande parte do Acervo Grande Otelo, recebido oficialmente pela Fundação Nacional da Arte (FUNARTE) em dezembro de 2007.

O acervo de Grande Otelo encontrava-se há vários anos em um apartamento da Tijuca, guardado em caixas de papelão, nas quais foram descobertos manuscritos, livros de autoria do ator, e outros com dedicatórias de amigos e personalidades reconhecidas da cultura brasileira; letras de música compostas por ele e parcerias, discos em vinil, fitas-cassete com os mais variados conteúdos (entrevistas, músicas e programas apresentados pelo artista); prêmios e homenagens (troféus, placas, diplomas e certificados) recebidos durante a sua carreira, roteiros de cinema, TV, teatro, rádio, shows, partituras, correspondências, livros, monografias, poemas, fotos, obras de arte, recortes de jornais e revistas.

Todo este material está disponível na Web no link:

Grande Otelo ( http://www.ctac.gov.br/otelo/index.asp )

FILHOS DA ARTE

Otelo deixou cinco filhos. A mais velha é a Jaciara, veio da sua primeira união. Depois, do casamento com Olga de Souza Prata, vieram mais quatro. Carlos Sebastião ou Otelinho é o mais velho, depois o Mário Luiz, José Antônio ou pratinha como é conhecido e por último o Osvaldo Aranha.

"Talvez isso não chegue ao conhecimento dos empresários que podem muito bem apoiar a cultura, em forma de patrocínio. Quem lê sobre Grande Otelo logo se interessa para saber mais sobre ele, e não existe um local que faça esse trabalho. Creio que a criação de centros culturais deve existir para astros brasileiros como Costinha, Golias, Ankito, Oscarito e outros", defendeu Pratinha.

Grande Otelo por Nelson Pereira dos Santos


Falar sobre Grande Otelo para mim é sempre um enorme prazer, misturado a um sentimento de saudade e nostalgia. O Otelo foi uma figura muito importante para as artes no Brasil, além de um grande amigo e conselheiro. Quando eu tinha qualquer problema, de qualquer ordem, batia em sua porta e lá estava ele, pronto para me orientar com idéias e conselhos.

A minha relação com Otelo começou na categoria de um simples espectador. Eu era adolescente, passando para a juventude, em São Paulo, e fã incondicional do Grande Otelo.

Não perdia um filme seu. Lembro-me uma vez que briguei dentro do cinema porque queria conseguir um lugar para ver o filme Futebol e Família. Neste, como sempre, Otelo dominava as cenas e era a figura mais humana de todas. E olha que se tratava de um filme bastante artificial, organizado para agradar o público.

Otelo representava muito bem o ser humano brasileiro, carioca e apaixonado por futebol, ultrapassando o poder do roteiro, além de ser uma pessoa extraordinariamente comunicativa. Mais tarde, quando vim para o Rio trabalhar com cinema, comecei a pensar que ele poderia atuar em um filme meu, principalmente depois que escrevi o roteiro do Rio Zona Norte, baseado na vida do Zé Kéti, um compositor de samba, negro e favelado. Na verdade, Zé Kéti é um grande amigo e também meu compadre.

E NASCEU A ATLÂNTIDA


Grande Otelo e Carmen Miranda

Na época, 1957, eu tinha ganhado um prêmio com o filme Rio 40 graus e no dia da entrega encontrei com o Manga e o dono da Atlântida, onde Otelo trabalhava. Aproveitei então para falar do meu desejo de convidar Otelo e eles me desencorajaram completamente, dizendo que era irresponsável, malandro, enfim, pintaram um quadro muito negativo de Otelo.

Só que eu não desisti e resolvi arriscar, indo atrás de Otelo e lhe dando o roteiro para ler. Depois de alguns dias ele me ligou dizendo: "Eu faço isso para você". O resultado foi que levamos as filmagens de uma forma absolutamente sério e Otelo se mostrou totalmente profissional.

Naquele período, o filme foi rodado em 1957 e estreou em 1958, ele estava fazendo dois shows na Cinelândia, centro da vida noturna carioca. Um acontecia às 18h e o outro à 1h da madrugada. Era o espetáculo do Carlos Machado, e nós rodávamos cenas noturnas em Madureira. Como prova do seu profissionalismo, fazia o show das 18h, depois partia para Madureira, filmava e depois voltava para a Cinelândia para fazer o da 1h.

ZONA NORTE COM OTELO

"Rio Zona Norte" (1958)

Bom, o filme fez um enorme sucesso e a partir daí passamos a ser grandes amigos.

Otelo era uma pessoa extraordinária, amigo de todo mundo, superconhecido e amado pelo povo. E isso eu vi bem de perto, pois, muitas vezes durante as filmagens do Rio Zona Norte, as pessoas chegavam e demostravam ter um enorme carinho por ele.

Uma lembrança interessante é que uma vez nós estávamos voltando das filmagens, e ele, ainda caracterizado do personagem, usava uma roupa de favelado. Na estrada o nosso carro quebrou e tivemos que pegar um ônibus, de Madureira para o Centro, e o dia já estava quase amanhecendo.

Sentamos e foi aquele alvoroço. Todos nos olhavam e diziam: Otelo... Como você está ruim... Você está muito maltratado... Você não pode ficar assim, Otelo. Enfim, as pessoas queriam ver o Otelo, um artista conhecido e também muito amado, bem vestido, saudável e aparentando riqueza. Mas ele, com um excelente humor, soube se explicar muito bem.

Mais tarde fui trabalhar com ele no filme Jubiabá. Otelo fez uma participação especial como o velho Jubiaba, um pai-de-santo diferente, que ao invés de se dedicar inteiramente as coisas do candomblé, se integrava a leitura. Sua casa era uma verdadeira biblioteca e ficava lendo todo o tempo.

COMUNICATIVO EM QUALQUER PARTE DO MUNDO


Grande Otelo e Paulinho da Viola, Teatro Clara Nunes, março de 1989. Por Cristina Granato.

Era um amigo de todas as horas e estávamos sempre em contato. Lembro-me de uma vez que eu estava em Paris e Otelo me ligou, tarde da noite, convidando para jantar. Era um domingo de inverno e ele havia acabado de chegar no país. Pensei que não tinha muita coisa aberta e o convidei para jantar na casa de uma amiga, que se prontificou a cozinhar para nós.

Ele apareceu com um bonezinho de brim branco e uma roupa que, nem de longe, segurava o frio que fazia naquele dia. Falei que estava maluco de andar daquele jeito, que poderia pegar uma pneumonia, mas, ele nem ligou. Depois do jantar, e isso já era umas 3h da madrugada, inventou que queria ir para Pigalle. Como eu não aceitei, porque estava muito tarde e frio, me chamou de mole e pediu-me para levá-lo.

Com Ruth de Souza na novela "Sinhá Moça" de 1986

Deixei o Otelo na porta de um restaurante, em Pigalle, e voltei para o meu hotel. Logo de manhã, quando acordei, sentia com remorso de o ter deixado sozinho, e liguei para o hotel em que estava hospedado. Quando recebi a notícia de que Otelo tinha acabado de chegar, me senti aliviado e achei melhor deixa-lo dormir para depois saber o que aconteceu.

À noite nos encontramos e ele me contou: "Cheguei lá e encontrei um francês que me reconheceu e ofereceu champanhe. Depois jantei, porque aquele jantar da sua amiga não estava com nada, e fui para outros lugares, encontrei uns brasileiros e fiquei por lá a noite toda".

SEMPRE COM O POVO


Grande Otelo em uma exibição de filme no Cine Rex.

Uma pessoa extremamente comunicativa, Otelo se relacionava bem em qualquer lugar do mundo. Tinha uma ótima relação com o povo, freqüentava os restaurantes e cabarés, e lá fazia amizade. Fora isso, me lembro do Otelo como um grande criador. Fazia poesias, letras de samba e também argumento para cinema. Esse material está com a sua família.

Otelo teve uma participação muito importante no cinema carioca, não só como ator, mas também como intelectual pensador e criador.

Em Foto Raríssima

Foi com ele o primeiro filme da Atlântida, que quando começou era um cinema muito empenhado em mostrar a realidade carioca. Moleque Tião era um pouco a vida do Otelo. A história de um menino negro e sua trajetória. Esse filme se perdeu.

O segundo filme da Atlântida também foi com ele. Somos Todos Irmãos, aborda a questão do preconceito racial. Esse estava considerado como perdido, mas, há uns dois anos foi encontrada uma cópia e restaurada. Otelo conhecia bem o que era a realidade brasileira, com a vantagem de estar de fora, ou seja, tinha um ponto de vista de cima e não daquele que o tem embutido pelo sofrimento. Porque, quando o sentimento existe por causa do sofrimento, a pessoa não tem uma capacidade para julgamento. Como Otelo estava de fora, podia observar bem. Politicamente sempre teve uma visão crítica da sociedade brasileira, não chegou a fazer parte do Partido Comunista ou da esquerda socialista, mas, se preocupava com as injustiças sociais e sabia muito bem das coisas.


"Todo ator é um sentimental. Do contrário não seria ator. A gente tem de ser um doido, um sentimental, um idealista. Se não for assim, não poderá ser um bom ator."
Grande Otelo

Colaboraram: Além da Imaginação (Obituário da Fama - GRANDE OTELO), A Nova Democracia (Otelo do nosso cinema), O Povo online (Morte de Grande Otelo), Zastros (grande otelo: referência do cinema brasileiro), Cineola, Blog do Friburgo, Almanaque Gaúcho (Foto: Última Hora, Banco de Dados), Expirados.blogspot, Lemmy Ventura (Fotos - grande otelo), Fotos Divulgação Rede Globo, Quem Disse.

36 comentários:

  1. Obrigada pelas palavras deixadas no meu "Ortografia". Passarei com todo o prazer mais vezes por aqui.
    Um bom ano de 2015.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela consideração, Graça!

      Será sempre uma honra recebe-la aqui! E saiba que visitaremos o seu Blog também!

      Um Maravilhoso 2015!

      Que DEUS te abençoe!

      Clemente.

      Excluir
  2. Obrigada pela visita carinhosa.Amei esse espaço.Grande Otelo,quanta saudade!
    Desejo um Feliz dia de Natal e um Ano Novo de feliz realizações com saúde,paz e alegrias.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos o seu carinho, Maria!

      Realmente o Grande Otelo nos deixou saudades, mas suas obras artísticas são Atemporais!

      Feliz Ano Novo e Que DEUS te ilumine!

      Clemente.

      Excluir
  3. Bom dia!
    Obrigada pela visita,e seu comentário!
    Seu blog é muito bom! Adorei.
    Já fiquei por aqui.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um prazer, Nelma!

      Muito obrigado! É uma honra tê-la aqui!

      Que DEUS te abençoe!

      Excluir
  4. es un placer conocerlos
    Feliz navidad
    y si me necesitan aqui estoy
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. El placer es todo nuestro!

      Si necesita también estamos a su disposición!

      Buena 2015!

      Que Dios bendiga a tre!

      Excluir
  5. Bom dia e Feliz Natal!
    Também gostei muito do seu espaço e adorei esta homenagem a Grande Otelo.
    Estarei sempre por aqui.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Cia. De Teatro Atemporal recebe a senhora de braços abertos, Dra. Cristiane!

      Muito Obrigado!

      De fato, esta homenagem a Grande Otelo é apaixonante!

      Que DEUS abençoe a senhora!

      Clemente.

      Excluir
  6. Olá!

    Obrigada pelo convite! Amei esse espaço!
    Olha, sou fã de Grande Otelo e vou confessar uma coisa...
    Na casa do meu pai tinha um quadro lindo com a foto de Grande Otelo e Tônia Carrero, na peça Desdêmona.
    Deve estar no sotão, não tenho certeza!
    Se um dia encontrar a peça em bom estado, vou fotografá-la e pegá-la para mim, é claro!
    Uma relíquia e tanto.
    Parabéns pelo post a esse grande ator que deixou muitas saudade!

    Bjksss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma honra recebe-la aqui, Nadja!

      Como fã de Grande Otelo, não deixe de procurar essa relíquia e restaura-la!

      ...Depois, guarde este tesouro com você e o passe para sua próxima geração! (Risos)

      E realmente o nosso Grande Otelo deixou muitas saudades!

      Feliz 2015, pra você e sua família!

      Que DEUS te abençoe!

      Clemente.

      Excluir
  7. Gostei do espaço recheado de cultura, já sou seguidora.
    o texto e fotos que falam de Grande Otelo é um verdadeiro tesouro, confesso que assisti- o , li Macunaíma, assisti ao filme, mas não sabia de tantos pormenores sobre a vida deste grande artista. Parabéns à equipe que nos trouxe tanto conhecimento de gente nossa. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marli...

      Muito Obrigado pelo carinho e reconhecimento!

      Graças a DEUS, ELE nos deu a capacidade de apresentar este maravilhoso especial de Grande Otelo para você e para todos!

      Que DEUS te abençoe!

      Ótimo 2015!

      Clemente.

      Excluir
  8. Boa noite.
    Agradeço pela visita e comentário tão gentil.
    Creio que todo tipo de arte é válida demais, aqui, eu pude ver riquezas muito boas.
    Grande Otelo e vários ícones estão vivos em nossa memória, isso é o que jamais devemos esquecer.
    Vocês fizeram uma pesquisa rica para apresentar para o leitor e isso é bom, pois o mantém sempre informado.
    Que a arte, em todas as suas manifestações seja muito viva!
    Já sigo o espaço de vocês.
    Tenham uma semana de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um prazer, Patrícia!

      E muito obrigado!

      Graças a DEUS, procuramos extrair o que a arte e a cultura tem de melhor para levarmos a você e a todos aqui no nosso Blog Oficial!

      E as obras artísticas de Grande Otelo são Atemporais!

      Feliz 2015!

      Que DEUS te ilumine!

      Clemente.

      Excluir
  9. Vim agradecer a visita e gentil comentário em minha casinha, mas quando eu cheguei encontrei uma casa toda decorada com excelentes textos, muito bom mesmo, este último nos dá uma excelente noção da vida deste grande ator, obrigadão por terem postado adorei ler, lembrar, reaprender e aprender. Que o natal tenha sido na paz de Jesus, bjos Luconi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Linda!

      É uma honra recebe-la aqui! E saiba que estaremos sempre visitando o seu Blog!

      Que DEUS te abençoe e um Feliz 2015!

      Clemente.

      Excluir


  10. Feliz Navidad, espero que el próximo año venga cargado de proyectos mágicos, y mucha ilusión. Un abrazo y muchos besos des de elracodeldetall.blogspot.com, Os espero .( • ~ • )


    * ♕ * * * * * * *
    …../..\……./\…*.... .... …__██__…..*……
    …./….\…../..\……*....*...….( • • )…..*…….*…..
    …/_…_\…/….\……*.…..─(░•░)─….*…….*…
    ./.…......\../_…_\…*....*......(░ • ░)……*...*…
    ../______\######....*......*...............*.....*.......
    ==================================

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Gracias, Julia!

      Recibe muchos besos y abrazos de Cia. De Teatro Atemporal!

      Feliz Año Nuevo!

      Clemente.

      Excluir
  11. Olá, Clemente!
    Obrigadíssimo por tua presença em meu blog!
    Eu tenho alguns textos para teatro. Quem sabe um dia possamos fazer algo juntos...
    Abraços e parabéns pelo belíssimo trabalho!
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande GK!

      Em breve,

      Será uma honra poder trabalhar com você!

      Obrigado pelo reconhecimento e Parabéns pelos seus trabalhos, também!

      Abraços e FELIZ 2015!

      Clemente.

      Excluir
  12. Interessantíssimas essas informações. Saber que Grande Otelo, além de ator, escrevia poesia, fazia musica, etc... Muito bom esse espeço. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um prazer visitar o seu Blog, Fabio!

      Realmente esta postagem nos revela muitas coisas que não sabíamos sobre o gênio Grande Otelo!

      Que DEUS te ilumine!

      Feliz 2015!

      Clemente.

      Excluir
  13. Olá,bom dia,
    sim, grande Grande Otelo,
    estou em/de férias , vim agradecer a visita e desejar um Feliz 2015, para ti e familiares,pleno de saúde, paz e realizações, belos dias, t+, abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um prazer visitar o seu Blog, Felisberto!

      Boas férias e um FELIZ 2015!

      Que DEUS te abençoe!

      Clemente.

      Excluir
  14. Que bacana encontrar o espaço de vocês! Riquíssimo esse post sobre Grande Otelo.

    Abraços,
    Nina & Suas Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E seu espaço é formidável, Janaína! ...De verdade!

      Obrigado pelo reconhecimento!

      Graças a DEUS, ELE nos capacita para levarmos o que a arte e a cultura tem de melhor para você e para todos!

      FELIZ 2015 e Que DEUS te abençoe sobremodo!

      Clemente.

      Excluir
  15. Recordar é viver, como me está a acontecer, com a diferença de ficar a saber mais do Grande Otelo.
    Gostei muito da oportunidade, saber mais da carreira do grande comediante.
    Como tudo do Brasil prende a minha atenção, já fiz a aderência do blog, para sempre ter fácil acesso.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que DEUS abençoe a vida do senhor, Seu Daniel!

      A nossa companhia de teatro agradece as sinceras palavras! E saiba que sempre estaremos visitando o ótimo Blog do senhor!

      Estamos juntos!

      Abraços espremidos!

      Clemente.

      Excluir
  16. Olá venho te desejar boas festas e que 2015 seja um ano de muitas bençãos em nossas vidas, beijos.

    http://cidocemulher.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FELIZ 2015, Cibele! Que DEUS realize todos os seus sonhos nesse novo ano!

      Beijos Grande!

      Clemente.

      Excluir
  17. Querida companhia de teatro

    Desejo para ti
    braços bem abertos
    para receber com carinho
    o ano que se aproxima.
    Ele traz um presente:
    - Uma vontade de que olhes
    para alguém ou para alguma coisa,
    com olhos de primeira vez.
    Recebendo este presente,
    as sementes de alegria que te habitam,
    estarão recebendo seu melhor alimento,
    e assim se transformarão em realidade,
    perfumando sua vida e sua alma
    com sua maravilhosa, única e infinita
    essência de felicidade.

    Um ano novo de olhares novos para ti.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Aluísio!

      Que Belas palavras! ...Estou radiante de alegria e felicidade com a sua consideração!

      Que DEUS te abençoe sobremaneira e que ELE faça do seu novo ano o melhor ano de sua vida!

      Abraços espremidos!

      Clemente.

      Excluir
  18. Olá, Companhia de Teatro

    Começo por agradecer a vossa visita e o facto de me ser dado a conhecer este vosso espaço.

    Excelente post sobre Grande Otelo, com muita informação que desconhecia.
    Registei com agrado a foto ele se encontra com Carmen Miranda.

    Abraço.

    Olinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dona Olinda!

      Para nós é uma honra visitar o seu maravilhoso Blog!

      De fato a foto de Otelo com Carmen Mirada é linda... e raríssima!

      Obrigado pelo carinho!

      FELIZ 2015!

      Clemente.


      Excluir

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.