quinta-feira, 26 de julho de 2012

TEATROS DO MUNDO

Teatro da Paz



O Teatro da Paz foi fundado em 15 de fevereiro de 1878, foi construído pela iniciativa privada nos tempos áureos da borracha, quando a cidade de Belém, Pará, era uma das cidades mais ricas do Brasil.

Todo construído em estilo neoclássico, com colunas gregas na fachada, o teatro possui vestíbulo e interior do salão nobre com pinturas de temática amazônica pintados pelo artista plástico Aramando Balloni.

Foto: Carlos Macapuna

O teto da sala de espetáculos com motivos que representam o Deus Apolo e as musas entrando triunfalmente na Amazônia foi pintado por Domenico de Angelis. O monumento relembra, ainda, os artistas que por ele passaram e a Belle Époque, quando Belém era considerada a francesinha do Norte.

No alto da fachada frontal, quatro bustos de mármore que representam a música, a poesia, a comédia e a tragédia. Sala de Espetáculos que originalmente possuía 1100 lugares, hoje comporta 900. A casa possui aparelhagem moderna de som e luz, além de refrigeração Central.

Nome do Teatro: Teatro da Paz
Localização: Belém, Pará, Brasil

Teatro Maria Sylvia Nunes


O Teatro Maria Sylvia Nunes, localizado na Estação das Docas, em Belém, Pará, é uma das mais modernas e sofisticadas salas de espetáculos da região Norte. Está localizado no centro cultural da Estação das Docas.

Nome do Teatro: Teatro Maria Sylvia Nunes
Localização: Belém, Pará, Brasil

Teatro Experimental Waldemar Henrique


O Teatro Experimental Waldemar Henrique foi criado em 17 de setembro de 1979 na cidade de Belém, no estado do Pará, Brasil, para sediar as apresentações de grupos de teatro experimentais da região, mas sua construção em art nouveau é mais antiga e foi para funcionar inicialmente o cinema Radium, posteriormente foi Museu Comercial, e por último sede da Caixa Econômica, até ser transformado no teatro de hoje na década de 70 do século XX.

A primeira montagem em cartaz foi dirigida por Geraldo Sales com o Grupo Experiência e o texto era "Os Perigos da Bondade" de Chico de Assis tendo como protagonista Cláudio Barros no papel de Cearim.

Nome do Teatro: Teatro Experimental Waldemar Henrique
Localização: Belém, Pará, Brasil

Teatro Gabriel Hermes - SESI


Fundado em 1984, na cidade de Belém, Pará, o Teatro Gabriel Hermes pertence ao Sesi (Serviço Social da Indústria).

Com capacidade máxima para 428 pessoas, é palco de espetáculos de música, dança, teatro e eventos em geral, como confraternizações, colações de grau, etc.

Nome do Teatro: Teatro Gabriel Hermes
Localização: Belém, Pará, Brasil

Teatro Estação Gasômetro


Desde 1997, a antiga estrutura de ferro que pertenceu à Companhia de Gás do Pará abriga um teatro com 400 lugares e um espaço para diversos tipos de eventos. O Teatro Estação Gasômetro fica dentro do Parque da Residência, na passagem das Icamiabas, em Belém, Pará.


Entre os serviços oferecidos no galpão, estão: Restô do Parque, Café da Luz (com serviço de bar), Sorveteria Vagão, praças, lojinhas de produtos culturais e espaços para venda de comidas típicas.

É ideal para quem gosta de espetáculos ao ar livre e de belas paisagens.

Nome do Teatro: Teatro Estação Gasômetro
Localização: Belém, Pará, Brasil

Outro Importante Teatro no Pará, Brasil:

Teatro Margarida Schivasappa

Theatro Santa Roza



O Theatro Santa Roza é o mais antigo de João Pessoa, Paraíba e o quinto mais antigo do Brasil. Foi palco de importantes acontecimentos artísticos e históricos da Paraíba. Funcionou como cine-teatro no período de 1911-1941.

A pedra fundamental para a sua construção foi oficialmente lançada em dois de agosto de 1852.


Para um teatro com mais de 120 anos, é natural que ao longo desse tempo tenha passado por várias reformas e restaurações, porém todas as intervenções arquitetônicas tiveram a preocupação de conservar o estilo original. O teatro, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, é considerado ícone da cultura paraibana e patrimônio do Estado, vinculado a Fundação Espaço Cultural da Paraíba.

Pode-se afirmar que o Theatro Santa Roza continua vivo, pois está sempre promovendo ou apresentando grandes espetáculos teatrais, recitais de poesia, consertos, cursos de dança e de formação de ator. O Teatro tem sua história imortalizada nos livros Santa Roza.

Nome do Teatro: Theatro Santa Roza
Localização: João Pessoa, Paraíba, Brasil

Teatro Lima Penante


Criado em fevereiro de 1980, o Teatro Lima Penante é um dos principais centros de pesquisa e apoio ao desenvolvimento do teatro na Paraíba. Mantém uma programação permanente de teatro e dança para o público infantil e adulto.

O Teatro Lima Penante conta com um espaço que comporta um público de l50 pessoas, possuindo ainda estrutura de iluminação e som. O nome do teatro é inspirado em José de Lima Penante, ator e diretor paraense, que a convite do governo estadual, em fins do século XIX, veio até a Província da Parahyba para organizar espetáculos, sendo um dos entusiastas pela construção de teatros e organização do movimento teatral.

Passaram pelo Teatro Lima Penante espetáculos teatrais que marcaram a sua história. Entre eles, pode-se destacar: “Vau da Sarapalha”, de Luis Carlos Vasconcelos; “Como Nasce um cabra da Peste”, de Eliézer Rolim; “A Noite de Matias Flores”, de Fernando Teixeira; e “Guiomar, a Filha da Mãe”, produção pernambucana de Augusta Ferraz.

Nome do Teatro: Teatro Lima Penante
Localização: João Pessoa, Paraíba, Brasil

Teatro Ednaldo do Egypto


Fundado há 15 anos, o Teatro Ednaldo do Egypto já passou por muitas alegrias e tristezas. Um sonho que virou realidade. Foi assim que o saudoso Ednaldo do Egypto fez. Com a ajuda dos amigos, construiu o teatro.

Em 2006, o TEE não tinha mais recursos de mantê-lo, chegando a colocar uma placa de 'aluga-se'. Desde então, a PMJP chamou a responsabilidade para si e resolveu alugá-lo. Hoje, o Centro de Arte e Cultura Municipal Ednaldo do Egypto leva cultura para todos os cantos da cidade.

Nome do Teatro: Teatro Ednaldo do Egypto
Localização: João Pessoa, Paraíba, Brasil

Teatro Municipal Severino Cabral


O Teatro Severino Cabral é um teatro brasileiro e o mais importante da cidade de Campina Grande, na Paraíba, Brasil, sendo sede de diversos eventos e palestras na cidade. Foi inaugurado no dia 30 de novembro de 1963, às 10 horas da manhã. Foi construído por Severino Bezerra Cabral, prefeito de Campina que lhe deu nome. No mesmo dia, apresentou-se o ator e humorista José Vasconcelos, bastante conhecido no rádio e da TV brasileira. Com a inauguração do Teatro Municipal, a região ganhou uma importante casa de espetáculos.

O prédio já passou por duas reformas, a primeira delas foi em 1975, durante a administração do prefeito Evaldo Cavalcanti Cruz. A segunda durou em 24 de setembro de 1986 a 20 de abril de 1988, na gestão de Ronaldo Cunha Lima.

O teatro possui uma área edificada de 4.816 m², bar social, camarotes com 58 lugares, 10 camarins, galeria de arte, palco de 400 m² de profundidade e sanitários públicos, com 14 unidades individuais em cada. Em 1988, a parte central ampliada para 586 lugares.


O Teatro Municipal Severino Cabral tem uma central de ar-condicionado, um sistema de combate a incêndio (33 extintores, alarmes, mangueiras para hidrantes), um elevador social (capacidade para 8 pessoas) e uma subestação elétrica.

O arquiteto responsável por seu desenho arquitetônico futurista foi o arquiteto e engenheiro civil Geraldino Pereira Duda.

Nome do Teatro: Teatro Severino Cabral
Localização: Campina Grande, Paraíba, Brasil

Teatro Rosil Cavalcanti


O Teatro Rosil Cavalcanti está localizado em Campina Grande, Paraíba, Brasil, sendo construído na gestão do então prefeito Enivaldo Ribeiro, homenageando o pernambucano e teatrólogo Rosil Cavalcante que escolheu Campina Grande para viver e fazer carreira.

O local é palco de diversos eventos e palestras de estímulo a cultura, muitas vezes em parceria com o próprio Teatro Severino Cabral.

Nome do Teatro: Teatro Rosil Cavalcanti
Localização: Campina Grande, Paraíba, Brasil

Teatro Santa Catarina


O Teatro Santa Catarina esta localizado na cidade de Cabedelo, Paraíba, Brasil. E ao logos dos anos vem recebendo os principais espetáculos e atividades culturais na cidade.

Nome do Teatro: Teatro Santa Catarina
Localização: Cabedelo, Paraíba, Brasil

Teatro Minerva


O Teatro Minerva, inaugurado em 1859, com o nome de Teatro Recreio Dramático, constituía o orgulho dos habitantes da cidade de Areia, Paraíba, Brasil.

Funcionava regularmente com representações dos conjuntos amadores locais e segundo informações, mesmo companhias famosas que se exibiam em Recife, Pernambuco, Brasil, iam até Areia, recebendo sempre muitos aplausos de um povo que tinha amor pela arte e pela inteligência.

O mobiliário um tanto rústico, foi todo renovado seguindo tanto quanto possível o modelo original. Durante algum tempo o prédio funcionou como cinema porém agora retornou à sua primitiva função.


Todo em estilo barroco, foi primeiro Teatro da Paraíba e preserva a arquitetura original até os dias de hoje. Por ele já passaram grandes nomes do Brasil, como a bailarina Ana Botafogo.

Durante o evento "Caminhos do Frio", em Areia, foram comemorados os 150 anos do Teatro Minerva, que durante a programação foi palco de várias apresentações teatrais e musicais, como: A Orquestra Sinfônica Jovem da UFPB, apresentação dos alunos da Escola de Música da Prefeitura de Areia, Orquestra Sivuca de Campina Grande e apresentações teatrais dos grupos de Areia, Grupo Gameleira e Recreio Dramático.

Nome do Teatro: Teatro Minerva
Localização: Areia, Paraíba, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros na Paraíba, Brasil:

João Pessoa
UFPB - Teatro Lampião
UFPB - Sala Preta
Centro Cultural Piollin
Teatro Cilaio Ribeiro - TCR
Teatro Ariano Suassuna - Col. Diocesano Pio X
Esp. Cult. José Lins do Rego-Teatro Paulo Pontes
Esp. Cult. José Lins do Rego-Teatro de Arena
Esp. Cult. José Lins do Rego-Teatro de Arena

Guarabira
Teatro Municipal Geraldo Alverga

Catolé do Rocha
Centro Cultural Geraldo Vandré - Teatro Alício Barreto

Cajazeiras
Teatro ICA - Iracles Pires

Alagoa Nova
Teatro Municipal Otávio Lima Leite

Alagoa Grande
Teatro Santa Inez

Sousa
Cine-Teatro Gadelha

Santa Rita
Teatro Oficina de Artes
Teatro Ivonaldo Rodrigues

Campina Grande
Teatro Elba Ramalho
Teatro Raul Prhyston
Teatro SESC - Antonio de Oliveira Lima
Teatro Dr. Chateaubriand (Museu Chateaubriand)
ICAE - Teatro Anna Brito
Espaço Paulo Pontes

Teatro Placido de Castro (Teatrão)


O Teatro Plácido de Castro localiza-se em Rio Branco, Acre, Brasil. O teatro tem formato italiano e é propriedade estadual. Possui capacidade para 490 espectadores, o teatro encontra-se atualmente em atividade.

Nome do Teatro: Teatro Placido de Castro (Teatrão)
Localização: Rio Branco, Acre, Brasil

Cine Teatro Recreio


O Cine Teatro Recreio está instalado no prédio do extinto Cine Éden em 13 de junho de 1948, em Rio Branco, Acre, Brasil. O local foi erguido em alvenaria e madeira no período áureo da borracha.

Em 1987, foi restaurado para promover apresentações teatrais, shows musicais, palestras e cursos de dança.

Nome do Teatro: Cine Teatro Recreio
Localização: Rio Branco, Acre, Brasil

Café do Teatro


O estatal Café do Teatro, está situado no centro de Rio Branco, Acre, Brasil. O local foi um ponto de atração da cidade. Foi fechado em 2009 sem explicação. A reforma do Café do Teatro, que custou R$ 235 mil, foi concluída em 2010.

Nome do Teatro: Café do Teatro
Localização: Rio Branco, Acre, Brasil

Teatro Barracão (Rio Branco)


O Teatro Barracão localiza-se em Rio Branco, Acre, Brasil. Tem formato múltiplo e é propriedade estadual. Possui capacidade para 150 espectadores.

Nome do Teatro: Teatro Barracão
Localização: Rio Branco, Acre, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros no Acre, Brasil:

Rio Branco
Anfiteatro Garibaldi Carneiro Brasil - UFAC
Teatro de Arena SESC - Rio Branco
Teatro do Colégio Acreano

Teatro Arthur Azevedo (São Luís)


O Teatro Arthur Azevedo localiza-se na cidade de São Luís, no estado do Maranhão, no Brasil.

A ideia da criação do teatro surgiu em 1815 por iniciativa de dois comerciantes portugueses, Eleutério Lopes da Silva Varela e Estevão Gonçalves Braga. Essa era a plena época áurea do ciclo do algodão, em que o Maranhão enriquecia com a exportação deste produto e a cidade necessitava maior vida cultural.

A construção começou em 1816 e no dia 1° de julho de 1817, após um ano de trabalho, foi inaugurado. Chamou-se inicialmente Teatro União, em homenagem à criação do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815), resultado da vinda da família real portuguesa ao Brasil. Este era o quarto teatro da história de São Luís, mas destacava-se pelo conforto e tamanho, com uma capacidade para 800 espectadores. Seu estilo neoclássico era também uma novidade para a época.

Em 1852 passou a chamar-se Teatro São Luiz e, na década de 1920, ganhou o nome atual em homenagem ao grande dramaturgo maranhense Artur de Azevedo (1855-1908).

No século XX o teatro foi descaracterizado e chegou a ser cinema, mas atualmente encontra-se restaurado e em pleno funcionamento.

Nome do Teatro: Teatro Arthur Azevedo
Localização: São Luís, Maranhão, Brasil

Teatro Ferreira Gullar


Teatro Ferreira Gullar é um teatro localizado na cidade de Imperatriz, Maranhão, Brasil. O espaço físico do teatro é utilizado para diversas manifestações culturais, como apresentações escolares, filmes e documentários. Os arredores do teatro também são utilizados para exposições e shows.

Tem capacidade para 164 espectadores e seu estilo é de palco italiano. Atualmente se apresentam os grupos Cia de Teatro Okazajo e Cia de Teatro em Cima da Hora.

Neste espaço já se apresentaram diversos outros grupos locais. Em 2007 a Associação Artística de Imperatriz (ASSARTI), em parceria com a Fundação de Arte (FUNARTE), realizaram uma oficina com o ator Maurício Abud, de São Paulo, com objetivo de aperfeiçoar o trabalho de alguns artistas.

Na ocasião foi criado o coletivo de teatro composto pelos grupos Cia Ilustre de Teatro, Cia de Teatro Fundo de Gaveta, Cia de Teatro d. C. e Cia de Teatro Okazajo, alguns já existiam e outros se formaram pelo desejo de fazer teatro.

Antes da fundação do Teatro Ferreira Gullar existiu em Imperatriz, na década de 1970, outro teatro chamado Príncipe Teatro de Imperatriz, fundado e dirigido por Pedro Hanaye. Em 1978 surgiu também em Imperatriz o grupo Oásis, composto por Zeca Tocantins, Neném Bragança, Graça Ferraz, Jô Santos e muitos outros que ainda hoje integram a Fundação de Cultura de Imperatriz.

Nome do Teatro: Teatro Ferreira Gullar
Localização: Imperatriz, Maranhão, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros no Maranhão, Brasil:

São Luís
Teatro Experimental do Maranhão
Teatro do CINTRA
Teatro Alcione Nazaré
Teatro Josué Montello
Teatro Itapicuraíba
Cine-Teatro Viriato Corrêa/CEFET-MA

São Luís
Laborarte

Carutapera
Teatro São José

Caxias
Centro de Cultura Acad. José Sarney - Teatro

Theatro 4 de Setembro


O Theatro 4 de Setembro está localizado na cidade brasileira de Teresina, Piauí, Brasil. Conserva uma fachada com arquitetura de inspiração portuguesa e detalhes greco-romanos. Esta localizado na praça Pedro II, no Centro da capital e é o principal palco para as artes cênicas no estado do Piauí.


O teatro possui cerca de 1000 lugares divido em 3 pisos,com todo sistema de som e luz masterizada, digital e de efeitos especiais mais modernos, e uma das melhores acústica do país. As poltronas são todas estilos fênix, contém lustes e candelabros de cristais importados. O palto de madeira de lei, com 6 camarins climatizados.

Possui um painel na entrada de Eliseu Visconti, além de um café em estilo parisiense, a cor da fachado do prédio é a mesma desde a inauguração. Possui também no alto do prédio dois leões de cobre um em cada lado, símbolo do teatro. As janelas e portas tem detalhes no topo com caractéristica persa.

O Theatro 4 de Setembro também atrai seus visitantes pelo tamanho por fora e o tamanho diferenciado de dentro.

Nome do Teatro: Theatro 4 de Setembro
Localização: Teresina, Piauí, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros no Piauí, Brasil:

Teresina
Teatro do Boi
Teatro de Arena de Teresina
Sala Madre Escobar
Espaço Cultural Noel Mendes - Teatro

União
CC Benedito M. Napoleão-Teatro

Piripiri
Memorial Embaixador Expedito Rezende - Teatro

Parnaíba
Teatro SESI - Parnaíba
Teatro SESC - Antônio Oliveira dos Santos
Esp. Cultural Porto das Barcas - Teatro de Arena
Esp. Cultural Porto das Barcas - Cine-Teatro Delta

Oeiras
Teatro de Oeiras

José de Freitas
Teatro Municipal Antônio Portela Lima

Floriano
Espaço Cultural Maria Bonita - Teatro
Espaço Cultural Maria Bonita

Esperantina
Teatro Municipal Diniz Chaves

Barras
Teatro de Barras

Amarante
Centro Cultural de Amarante

Colaboraram: Wikipedia, Teatropédia - Enciclopédia Virtual das Artes do Palco, CTAC - Centro Técnico de Artes Cênicas, Busca Pará, Fundação Joaquim Nabuco, Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (PB), Teatro Ednaldo do Egypto (Blogspot), Trilhas de Areia (Blogspot), Altino Machado (Blogspot), Rede Maranhense de Artes Cênicas (Blogspot), Fotógrafo Carlos Macapuna.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

DINHEIRO X QUALIDADE


Está aí uma combinação que quando bem usada se torna imbatível, mas não é sempre que esta combinação é usada para o bem do público. Hoje em dia, aliás, é muito rara. A baixa qualidade nos programas da televisão brasileira é assustadora. Você não consegue ver mais do que um ou dois programas que realmente valha a pena. Engraçado, a força do dinheiro tem gerado cada vez mais programas de má qualidade ao invés de ser justamente ao contrário.

É pegadinha pra cá, é bisbilhotice pra lá, é exposição do corpo feminino para acolá, e tudo bem financiado, pois anunciantes não faltam em programas que exibem estes conteúdos. Será que o dinheiro está tão fácil que tanto faz se o programa tem ou não qualidade? Ou o que vale é dinheiro em caixa e o público que se exploda?

Isso tudo chega a ser até um paradoxo, pois o anunciante patrocina o programa pensando no retorno financeiro que vai ter com a exposição de sua marca e com tanto programa de má qualidade atrelado a sua marca pode lhe causar efeito contrário. Ou será que a exigência é minha? Parece que dinheiro já não mais combina com qualidade.

Alguns programas, apesar de tamanha má qualidade, apresentam um número considerável de espectadores, fator este que faz com que os anunciantes continuem a atrelar suas marcas à estes programas, com ou sem qualidade. O que interessa é o lucro que o dinheiro vai proporcionar. Empurra-se qualquer coisa, pois o público está disposto a comprar. Acho que o conceito do que é bom e de qualidade mudou um pouco.

Chega ser uma pena ver tanto dinheiro desperdiçado em programas com tanta falta de qualidade. E saber que muitos projetos de boa qualidade se perdem no caminho por falta de verba. Mas, dizer que as TV’s estão erradas, não dá. Isso é “business”. E enquanto tiver público disposto a assistir qualquer porcaria e, anunciantes dispostos a patrocinar tais programas, faz-se qualquer coisa e se contabiliza os lucros, pois, quanto menor o custo de produção, maior o ganho da emissora.

Portanto, é de se concluir que o público consumidor de programas de TV é o retrato de um povo acomodado com a situação, seja ela em relação a sua vida, a política, ou aos programas de TV. Uns até contestam, outros até falam mal, mas acabam sempre se conformando. Já que não se tem outra coisa pra ver, qualquer coisa serve.

E o dinheiro que bem combinado com a qualidade pode produzir tanta coisa boa, ás vezes até mesmo mais econômicas que muitas coisas feitas em certos programas de conteúdo de qualidade sofrível, vai servindo apenas para gerar lucros para quem produz e para quem anuncia, pois para o comprador, serve-se qualquer coisa que ele compra mesmo. Isso sim é um grande desperdício.

Escrito por Paulo Sacaldassy

Colaboraram: Oficina de Teatro & Bacante; Foto: Espetáculo "Tá namorando! Tá namorando!" (2008)

quinta-feira, 12 de julho de 2012

TEATROS DO MUNDO

Cine-Theatro Central


O Cine-Theatro Central é um teatro localizado na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. Sua capacidade é de 1,881 espectadores. O projeto, do arquiteto Raphael Arcuri, é uma das primeiras referências locais à influência do art déco, ao passo que a decoração interna, da autoria de Angelo Biggi, mantém-se fiel à tradição muralista italiana com temas clássicos.


Nome do Teatro: Cine-Theatro Central
Localização: Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil

Teatro Francisco Nunes


Sediado no Parque Municipal Américo Renné Giannetti em Belo Horizonte, o Teatro Francisco Nunes, inicialmente chamado Teatro de Emergência , foi inaugurado em 1950 pelo Prefeito Otacílio Negrão de Lima.

Nessa época, a cidade encontrava-se carente de teatros: o antigo Teatro Municipal havia se transformado no Cine Metrópole, demolido em 1983, e o Palácio das Artes ainda estava em construção.

A inauguração do Teatro Francisco Nunes possibilitou a Belo Horizonte ingressar no calendário cultural dos grandes artistas e companhias teatrais do Brasil e exterior , recebendo orquestras, temporadas líricas, shows antológicos da MPB, festivais universitários , danças e teatro.

O palco do Teatro Francisco Nunes também abrigou o nascimento do moderno teatro mineiro em suas mais variadas tendências, como os trabalhos de João Ceschiatti, João Etiene Filho, J. d´Ângelo e Haydêe Bittencourt. Atualmente passa por um processo de restauração.

Nome do Teatro: Teatro Francisco Nune
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Teatro Marília


O Teatro Marília é um teatro brasileiro localizado em Belo Horizonte. Nasceu como propriedade da Cruz Vermelha Brasileira, concebido como auditório da sua Escola de Enfermagem.

Foi inaugurado em 1964, tendo então início a história de um espaço privado que, tornado público, passou a ter grande importância cultural para a cidade. Nas décadas de 60 e 70 foi referência e ponto de encontro para artistas, intelectuais e boêmios, afirmando-se como importante espaço teatral no circuito nacional, e possuindo uma das caixas cênicas mais harmoniosas da cidade.

Nome do Teatro: Teatro Marília
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Teatro Municipal (São João del-Rei)


O Teatro Municipal de São João del-Rei foi construído em 1893. Passou por uma grande reforma entre 1922 e 1925.

Palco difusor da cultura regional até a década de 1970, chegou aos anos 1990 abandonado e sem condições técnicas de receber espetáculos.

Em 1998, através do Instituto Histórico e Geográfico de São João del-Rei, contando com o apoio da iniciativa privada, foi possível a sua recuperação e modernização. As obras foram finalizadas em junho de 2003.

Em pleno funcionamento e com rica programação, atualmente o teatro oferece espetáculos variados, a maioria deles com entrada franca.

Nome do Teatro: Teatro Municipal
Localização: São João del-Rei, Minas Gerais, Brasil

Teatro Municipal de Ouro Preto


O Teatro Municipal de Ouro Preto localiza-se no município brasileiro de Ouro Preto, no estado de Minas Gerais.

Construído de 1746 a 1770, é o mais antigo teatro do continente e dos mais belos teatros do país.

Nome do Teatro: Teatro Municipal de Ouro Preto
Localização: Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil

Palácio das Artes


O Palácio das Artes, vinculado à Fundação Clóvis Salgado, é o maior centro de produção, formação e difusão cultural de Minas Gerais e um dos maiores da América Latina.

Situado em Belo Horizonte, e inaugurado em 1971, o complexo arquitetônico ocupa uma área de 900 mil metros quadrados dentro do Parque Municipal voltados para a exibição, produção e formação de recursos humanos para o mercado de artes e espetáculos. A Fundação dispõe de recursos cênicos e acústicos de elevado padrão técnico para a montagem de óperas, peças teatrais, concertos de orquestra, espetáculos de dança e shows de música popular, além de salas adequadas e confortáveis para exposições, exibição de filmes, lançamento de livros, palestras, congressos e seminários. O Palácio das Artes está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 1537.

Um grande incêndio atinge o grande teatro do Palácio das Artes. Cadeiras e o teto foram destruídos pelo fogo. Não houve mortos nem feridos. O teatro estava vazio na hora do acidente.

Nome do Teatro: Palácio das Artes
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Centro Cultural da UFMG


O Centro Cultural da UFMG é um órgão da Universidade Federal de Minas Gerais que promove, produz e divulga cultura, atuando em todas as suas esferas.

O Centro tem como principais tarefas estimular a criação artístico-cultural; promover interações entre Arte, Ciência e Filosofia; promover o fortalecimento da identidade cultural da comunidade acadêmica e a cidadania cultural da comunidade em geral; desenvolver experiências conjuntas entre as diferentes áreas do conhecimento e a comunidade.

Nome do Teatro: Centro Cultural da UFMG
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Centro de Cultura Belo Horizonte


O Centro de Cultura Belo Horizonte ocupa uma das mais belas edificações da cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

O prédio neogótico, em estilo manuelino, foi construído em 1914. Já abrigou instituições de grande importância histórico-cultural para Belo Horizonte, como o Conselho Deliberativo da Capital, depois denominado Câmara Municipal, a Biblioteca Municipal, a primeira rádio da cidade (PRC-7, Rádio Mineira), a Escola de Arquitetura da UFMG, o Museu de Mineralogia Professor Djalma Guimarães e o Museu da Força Expedicionária Brasileira.

Além de possuir o Auditório Vivaldo Moreira e uma Sala Multiuso.

Nome do Teatro: Centro de Cultura Belo Horizonte
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Galpão Cine Horto


O Galpão Cine Horto é um centro cultural voltado para a pesquisa, a formação e o estímulo à criação teatral. Em todos os projetos que realiza, está sempre em evidência a possibilidade de unir e reunir pessoas em torno do teatro.

Desde quando foi fundado, em 1998, tem consolidado o perfil de espaço aberto à comunidade para o compartilhamento de idéias e de conhecimentos. Atualmente busca renovar suas energias e enfrentar novos desafios. O momento é de estender sua atuação e suas idéias para além dos limites de Belo Horizonte, numa estratégia que busca marcar presença também no interior de Minas Gerais e em outras regiões do país.

Nome do Teatro: Centro de Cultura Belo Horizonte
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Teatro Clara Nunes


O Teatro Clara Nunes localiza-se em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Tem formato italiano e é propriedade estadual. Com capacidade para 400 espectadores, o teatro encontra-se atualmente fechado desde 2009 por determinação do Ministério Público, para obras que o adaptem às regras de acessibilidade, o Teatro Clara Nunes, administrado pela Imprensa Oficial de Minas Gerais, vai continuar assim. Não há previsão de reabertura.

Nome do Teatro: Teatro Clara Nunes
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros em Minas Gerais, Brasil:

Belo Horizonte
Teatro Universitário da Universidade Federal de Minas Gerais
Associação Médica de Minas Gerais - Teatro
Auditório Prof. Francisco Mello Vianna
Biblioteca Pública - Teatro/Sala Multimeios
Casa de Teatro (Belo Horizonte)
Centro Cultural Pio XII - Teatro
Espaço Cultural PRODEMGE - Teatro
Ideal Clube Teatro
Palácio das Artes - Grande Teatro
Palácio das Artes - Teatro João Ceschiatti
Sala de Espetáculo O Corpo
Teatrinho da Oficina
Teatro Alterosa
Teatro Casanova
Teatro Castelo San Lucca
Teatro da Assembléia
Teatro da Cidade
Teatro da Maçonaria
Teatro da Praça
Teatro de Bolso
Teatro de Bolso do MAI
Teatro do Clube de Diretores Lojistas
Teatro do DCE da PUC-MG
Teatro do ICBEU
Teatro do NET
Teatro Dom Silvério
Teatro Granada
Teatro Íntimo
Teatro Izabela Hendrix
Teatro Klauss Vianna
Teatro Santa Maria
Teatro Santo Agostinho
Teatro SESC - Belo Horizonte
Teatro SESC - Luís de Camões
Teatro SESI Holcim - Belo Horizonte
Teatro SESIMINAS - Belo Horizonte
Teatro Universitário
Teatro Topázio

Araxá
Teatro SESIMINAS - Araxá

Estrela do Sul
Teatro do Grupo Senzala

Monte Carmelo
Teatro do Colégio N.S. do Amparo

Patos de Minas
Teatro Municipal de Patos de Minas

Patrocínio
Colégio do Patrocínio - Teatro
Teatro Célia Lara de Aquino Nunes

Sacramento
Casa da Cultura Sérgio Pacheco - Teatro

Barbacena
Cine-Teatro Apollo

Caeté
Cine-Teatro Caeté

Congonhas
Teatro da FAFIC

Conselheiro Lafaiete
Teatro Placidina de Queiróz

Coronel Xavier Chaves
Salão do Centro Social
Teatro José Camilo Costa

Ouro Preto
Teatro Ouro Preto

Pará de Minas
Teatro da E.E. Fernando Otávio
Teatro Vila Brasil

Prados
Teatro Municipal de Prados

Ritápolis
Teatro Pio XII

Sabará
Centro Cultural José Costa Sepúlveda-Teatro
Teatro Municipal de Sabará

São João del Rey
Campus Santo Antônio - Teatro
Teatro Cecília Jardim
Teatro Tancredo Neves

Sete Lagoas
Casa da Cultura - Teatro

Arcos
Casa da Cultura de Arcos - Teatro

Divinópolis
Cine Teatro
Instituto do Sagrado Coração - Teatro
Teatro Gravatá
Theatron Cultural Ltda

Formiga
Teatro do Colégio Santa Terezinha

Itaúna
Espaço Cultural - Teatro Sílvio de Matos

Além Paraíba
Teatro da Fundação Cultural de Além Paraíba

Juiz de Fora
Centro Cultural Pró-Música - Teatro
Forum da Cultura da UFJF - Teatro
Teatro Academia
Teatro Central
Teatro Solar

Muriaé
Teatro Gregório de Mattos Guerra
Teatro Zaccarias Marques

Rio Preto
Casa da Cultura de Rio Preto-Teatro

Viçosa
Espaço Cultural - Sala Hervé Cordovil
Teatro do DED

Araguari
Casa da Cultura Abdalla Mameri - Teatro
Teatro da E.E. Machado de Assis

Ituiutaba
Teatro Vianinha

Uberaba
Cine-Teatro Vera Cruz

Uberlândia
Estação Cultura - Teatro
Palco de Arte
Teatro Grande Otelo
Teatro Rondon Pacheco

Jequitinhonha
Teatro Ilusões e Fantasias

Teófilo Otoni
Teatro SESI - Teófilo Otoni

Paracatu
Casa da Cultura - Teatro

Bocaiúva
Centro Cultural Henfil - Teatro

Jaíba
Casa da Cultura - Teatro

Januária
Casa da Memória do Vale do S. Francisco - Teatro

Coronel Fabriciano
Teatro do ICMG

Governador Valadares
Teatro Itatiaia
Teatro Palavra Viva

Ipatinga
Centro Cultural Usiminas - Teatro
Teatro Zélia Olguin

Marliéria
Escola Estadual Liberato de Castro - Auditório
Teatro Mutirão

Timóteo
Centro Cultural da Acesita - Teatro
Teatro Alfa

Aiuruoca
Teatro do Clube Lítero Recreativo Aiuruocano

Andradas
Teatro Municipal José Stivanin

Caldas
Teatro Cine Caldas

Cambuquira
Teatro Georgina Bacha

Guaranésia
Teatro Experimental Guaranésia

Ouro Fino
Cine-Teatro Profa. Matilde Isabel de Almeida Paiva

Paraguaçu
Teatro Municipal Donato Leite Andrade

Passos
Teatro Rotary

Poços de Caldas
Teatro Municipal Benigno Gaiga
Teatro SESI - Poços de Caldas

Pouso Alegre
Teatro Municipal de Pouso Alegre
Teatro SESI - Pouso Alegre

Santa Rita do Sapucaí
Cine-Teatro Santa Rita

São Sebastião do Paraíso
Teatro Municipal de São Sebastião do Paraíso

Varginha
Teatro Capitólio
Teatro Mestrinho

Colaboraram: Wikipedia, ctac, Teatropédia - Enciclopédia Virtual das Artes do Palco

segunda-feira, 9 de julho de 2012

APRENDER É UM EXERCÍCIO CONTÍNUO


Quanto mais a gente aprende, mais temos a certeza de que ainda há muito para se aprender. E como é bom quando a gente tem a noção exata de quanto ainda temos que aprender. Por mais bagagem que se tenha adquirido durante a nossa vida, aprender é um exercício diário e para mim que escrevo o aprender é sempre estimulante e, acima de tudo, de fundamental importância para o desenvolvimento de minha atividade.

Poder mergulhar de cabeça em algo que me dará mais conhecimento e mais habilidade, só vem a contribuir para a melhoria do meu trabalho. E se escrever é um exercício diário, e de fato o é, sempre que sou pego de sobressalto por algo pelo qual tinha certeza que dominava, mas que na verdade não dominava quanto deveria dominar, tenho a exata dimensão que além de exercitar minha escrita, preciso praticar a humildade de reconhecer que aprender é um exercicio contínuo.

A certeza da necessidade de que ainda há algo para aprender serve como um freio para a prepotência e para arrogância que nos toma de surpresa quando na nossa soberba, achamos que sabemos muito mais do que na verdade sabemos. E é isso que nos obrigamos a prosseguir na caminhada do aprender, pois se a escrita é nosso ofício, aprender é a nossa lição. E quem achar que não, deve colocar as barbas de molho.

Não é porque se atingiu um patamar de respeitabilidade que se deve abrir mão do aprendizado, muito pelo contrário, pois quando se torna uma referência, ou se tem o trabalho consagrado, premiado e elogiado, a cobrança por resultados e a exigência pela excelência se torna proporcional e a falta de conhecimento ou de habilidade necessária é capaz de colocar todo prestígio a perder. Portanto, quanto mais bem sucedido, maior a necessidade de se aprender.

Não devemos nos envergonhar de estar sempre aprendendo, pois a humildade de reconhecer nossa imensa ignorância nos faz sábio o suficiente para saber que para escrever, precisamos saber e para saber, precisamos aprender e para aprender, precisamos aceitar que não sabemos nada. Aqueles que desfilam a soberba e se acham tão bons a ponto de não precisarem aprender, uma hora ou outra, vão saber que sabem muito menos que achavam que sabiam.

Escrever é um exercício diário e aprender um exercício contínuo, só assim, admitindo a necessidade de que um complementa o outro, podemos nos qualificar e fazer do nosso trabalho algo que justifique que alguém nos prestigie. Negligenciar o aprendizado por se achar suficiente capaz naquilo que faz é correr o risco de saber que não se é aquilo que sempre se achou que era. Nunca é suficiente o que se aprende e sempre será muito pouco.

Escrito por Paulo Sacaldassy

Colaboraram: Oficina de Teatro & Bacante; Foto: Espetáculo "Maria Stuart" (2009)

quinta-feira, 5 de julho de 2012

TEATROS DO MUNDO

Teatro José de Alencar


O Teatro José de Alencar é um teatro brasileiro, localizado na cidade de Fortaleza, Ceará, Brasil.

Foi inaugurado oficialmente em 17 de junho de 1910 e apresenta arquitetura eclética, sala de espetáculo em estilo art noveau, auditório de 120 lugares, foyer, espaço cênico a céu aberto e o prédio anexo, com dois mil metros quadrados, que sedia o Centro de Artes Cênicas (CENA); o Teatro Morro do Ouro, com capacidade para 90 pessoas; a praça Mestre Pedro Boca Rica, com palco ao ar livre e capacidade para 600 pessoas; a Biblioteca Carlos Câmara; a Galeria Ramos Cotôco; quatro salas de estudos e ensaios; oficinas de cenotécnica, de figurino e de iluminação; o Colégio de Dança do Ceará e o Colégio de Direção Teatral, do Instituto Dragão do Mar; a Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho; e o Curso Princípios Básicos de Teatro.


A pedra fundamental do teatro foi lançada em 1896, no centro da praça Marquês do Herval, hoje praça José de Alencar, mas o projeto original não foi concretizado. Em 1904 é que foi oficialmente autorizada a construção do Teatro José de Alencar, através da lei 768, de 20 de agosto. Em 6 de junho de 1908 as obras oficialmente tiveram início, e as peças de ferro fundido que compõem a estrutura do teatro foram importadas de Glasgow, na Escócia.


No início do século, ao fazer o projeto arquitetônico do Teatro José de Alencar, o capitão Bernardo José de Mello imaginou um teatro-jardim. Mas, o jardim mesmo, só foi construído anos depois da festa de inauguração, na reforma que durou de 1974 a abril de 1975. O jardim ocupa todo o espaço vizinho ao teatro, pelo lado leste. O novo prédio, conhecido como anexo, foi incorporado ao Teatro José de Alencar na reforma realizada de 1989 a 1990.

Nome do Teatro: Teatro José de Alencar
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil

Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura


O Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura é um centro cultural, um espaço de cultura e lazer da cidade de Fortaleza, Ceará (localizado à Rua Dragão-do-mar, 81 - Praia de Iracema). Nele são realizados eventos artísticos de nível internacional, bem como serve de espaço para as manifestações culturais diversas. Com 33 mil metros quadrados de área, o Centro Dragão-do-mar de Arte e Cultura foi construído e equipado dentro de rigorosos padrões mundiais de qualidade.


Inaugurado pelo Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura do Estado, em abril de 1999, o complexo foi batizado de Dragão-do-mar em homenagem ao histórico personagem que também era conhecido por Chico da Matilde, pescador símbolo do movimento abolicionista cearense, que em 1881 recusou-se a transportar escravos para serem vendidos no sul do país.

O local congrega vários espaços destinados à realização das mais diferentes atividades, onde o lazer urbano, a produção e difusão da arte e da cultura são o foco principal.

Nos seus quase 30 mil metros quadrados de área de convivência, inclui espaços como o Memorial da Cultura Cearense, o Museu de Arte Contemporânea, a Biblioteca Pública Menezes Pimentel, uma moderna sala teatro, duas salas de cinema, o Planetário Rubens de Azevedo, o Anfiteatro Sérgio Mota, um auditório e salas de aula.

Nome do Teatro: Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil

Teatro Chico Anysio


Fundado pelos irmãos Chico Soares e Jader Soares em 13 de junho de 1991, o Teatro Chico Anysio tem mais de 20 anos de puro humor. Localizado em Fortaleza, Ceará, Brasil, o local foi palco de grandes festivais de humor. Hoje, reformado, climatizado e com capacidade para 140 pessoas continua sendo o humor sua principal atração.

No mesmo prédio do Teatro Chico Anysio funcionam também o Escritório do Riso, a Associação dos Humoristas Cearenses (ASSO-H), o Sindicato dos Humoristas do Ceará (SINDHUMOR) e em breve será instalado no mesmo endereço o Museu do Humor Cearense.




No Teatro Chico Anysio, é fácil ver professores, estudantes secundaristas e universitários fazendo pesquisa sobre humor e a molecagem cearense, no acervo de 2.500 livros específicos na área.

Nome do Teatro: Teatro Chico Anysio
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil

Teatro Antonieta Noronha


O Teatro Antonieta Noronha foi inaugurado no dia 26 de maio de 2004 com a peça 'Um minuto de silêncio', interpretada pela atriz Antonieta Noronha.


O teatro reabriu as portas em abril de 2012, totalmente recuperado em sua estrutura física, como mais um presente alusivo aos 286 anos da cidade de Fortaleza, Ceará, Brasil. A recuperação contemplou cada detalhe: telhado, palco, camarim e piso; paredes, cadeiras, instalações elétricas. Ainda foram adquiridos refletores e uma especial atenção foi dada à questão da acessibilidade, com a construção de rampas.

Nome do Teatro: Teatro Antonieta Noronha
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil

Teatro da Praia


Localizado na Praia de Iracema, Fortaleza, Ceará, Brasil, no entorno do Centro de Arte e Cultura Dragão do Mar, desde 1993 o Teatro da Praia contribui para o fomento das artes cênicas e outras manifestações culturais em Fortaleza - primeiro como espaço voltado a atividades artísticas em geral (desde reuniões até festas e oficinas); três anos depois, oficialmente como casa de espetáculos, após ganhar refletores e outros equipamentos necessários ao funcionamento.

Nome do Teatro: Teatro da Praia
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil

Teatro São José


O Teatro São José é um teatro brasileiro, localizado na cidade de Fortaleza, no Ceará, Brasil. Está localizado na Praça do Cristo Redentor, no Centro.

Inaugurado em 1915, possui seu próprio grupo teatral, tendo por finalidade acolher grupos de teatro da cidade. Lá encontra-se o Museu do Maracatu. O Teatro São José é um bem histórico, tendo sido tombado pelo Município em 1988.

Nome do Teatro: Teatro São José
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil

Teatro SESC - Emiliano Queiroz


Localizado no Centro da cidade de Fortaleza, Ceará, Brasil, o Teatro SESC - Emiliano Queiroz é mais uma iniciativa de espaço cultural para a população administrada pelo SESC.

O Teatro tem excelente estrutura e conta com 184 lugares, serviços de recepção e bilheteria, caixa cênica com infra-estrutura apropriada a espetáculos de teatro, dança e música, suporte cerimonial para palestras e encontros, além de projeção de vídeo.

Nome do Teatro: Teatro SESC - Emiliano Queiroz
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil

Teatro SESC SENAC - Iracema


O Teatro SESC SENAC - Iracema está localizado na Praia de Iracema, Fortaleza, Ceará, Brasil e recebe os mais variados espetáculos, eventos e similares.

Nome do Teatro: Teatro SESC SENAC - Iracema
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil

Teatro do IBEU-CE


Com uma arquitetura cênica projetada pelo arquiteto, Ricardo Rodrigues, o Teatro do IBEU-CE teve um projeto inicial, singelo, mas foi ficando mais ambicioso. A conclusão de cada etapa era uma vitória. Vieram grandes conquistas: o mecanismo cênico, a aquisição de poltronas, e por fim os equipamentos mais sofisticados: sonorização, iluminação e vestimenta cênica.

Nome do Teatro: Teatro do IBEU-CE
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil

Teatro São João (Sobral)


O Teatro São João é o mais importante espaço cultural da cidade de Sobral no estado do Ceará, Brasil.

Nome do Teatro: Teatro São João
Localização: Sobral, Ceará, Brasil

Teatro Rosa de Moraes


O Teatro Rosa de Moraes é um teatro brasileiro da cidade de Crateús, Ceará, Brasil.

Idealizado graças a uma parceria do município com o Estado, teve sua inauguração em 1999 e desde então oferece à população "em especial aos jovens" um espaço para divulgar a cultura local.

A casa é palco de peças e espetáculos montados na região, em cidades vizinhas e de outros estados do Brasil.

Tem capacidade para 237 pessoas e um grande sistema de iluminação e aparelhagem técnica.

Nome do Teatro: Teatro Rosa de Moraes
Localização: Crateús, Ceará, Brasil

Teatro João Barreto


O Teatro João Barreto dos Santos, localizado em Guaraciaba do Norte, é a sede da Fundação Educacional Presidente Kennedy - FEPK. A FEPK foi fundada em 1964 pelo Prof. João Barreto dos Santos (por isso o Teatro hoje leva seu nome).

A partir do ano 2000, o Teatro, que encontrava-se em total abandono, começou a ser reformado pela iniciativa da família com o apoio de muitas empresários e instituições colaboradoras.

Desde 2004 o TJB está aberto ao público, já tendo recebido em seu espaço inúmeras apresentações.

Nome do Teatro: Teatro João Barreto
Localização: Guaraciaba do Norte, Ceará, Brasil

Teatro Municipal Marquise Branca


O Teatro Municipal Marquise Branca, em Juazeiro do Norte, Ceará, Brasil, tem sido um dos principais monumentos da cidade e em seus mais variados eventos e apresentações, recebe muitos cidadãos locais e turistas.

Nome do Teatro: Teatro Municipal Marquise Branca
Localização: Juazeiro do Norte, Ceará, Brasil

Sociedade Artística Maranguapense


Edificado no tempo em que se enfrentava a seca com obras permanentes, a Sociedade Artística Maranguapense foi construída durante o flagelo de 1877-79 e destinava-se a ser uma escola pública e como tal funcionou durante muitos anos.

A partir de 1924 sediou, que posteriormente nela instalou-se o Cine Teatro São José.

O prédio foi palco de grandes concentrações de operários, bem como movimentos políticos promovidos pela Legião Cearense do Trabalho (LCT) e pelos simpatizantes do integralismo.

Seu prestígio começou a declinar a partir da década de 40, quando cessaram as atividades de teatro que eram promovidas por grupos amadores locais. Seus salões foram cedidos depois para a realização de bailes carnavalescos.

Recentemente foi incorporado ao Patrimônio Histórico Municipal com recursos federais, os quais asseguraram a sua restauração. Hoje, abriga as atividades de música da Fitec, com uma sala de espetáculos para 135 pessoas.

Nome do Teatro: Sociedade Artística Maranguapense
Localização: Maranguape, Ceará, Brasil

Teatro Rachel de Queiroz (Guaramiranga)


Inaugurado em 1999 e com capacidade para 500 pessoas, o Teatro Rachel de Queiroz de Guaramiranga, Ceará, Brasil, é palco de importantes espetáculos artísticos, reuniões e apresentações realizadas anualmente, como o Festival de Jazz e Blues, que ocorre durante o carnaval, e o Festival Nordestino de Teatro Amador, realizado em setembro.

Nome do Teatro: Teatro Rachel de Queiroz
Localização: Guaramiranga, Ceará, Brasil

Teatro Raquel de Queiroz (Crato)


O Teatro Rachel de Queiroz está localizado em Crato, Ceará, Brasil. O teatro tem formato italiano e é propriedade privada. Com capacidade para 180 espectadores, o teatro encontra-se atualmente em atividade.

Nome do Teatro: Teatro Rachel de Queiroz
Localização: Crato, Ceará, Brasil

Theatro Pedro II (Viçosa)


O Theatro Pedro II é um dos mais antigos do Ceará. O prédio foi construído em 1909, com 178m² e tem espaço para 136 espectadores.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parceria com a Prefeitura Municipal de Viçosa do Ceará, restauraram o Theatro Pedro II.

O prédio passou quatro décadas fechado, e reabriu as portas para receber espetáculos.


Além do restauro, foi adquirido mobiliário novo, como cadeiras da área de platéia e mezanino, equipamentos de iluminação, som e projeção.

O teatro também ganhou camarins, que não existiam na planta original, e uma pequena cantina-bar.

Nome do Teatro: Theatro Pedro II
Localização: Viçosa, Ceará, Brasil

Teatro da Ribeira dos Icós


O Teatro da Ribeira dos Icós foi o primeiro teatro construído no Ceará, Brasil, em 1860, por um médico e historiador francês radicado em Icó, Doutor Pedro Théberge (1811-1872 ou 1864).

Ao final do século XIX houve grande epidemia de cólera em todo o Brasil e Icó foi uma das cidades mais atingidas. Theberge passou a morar em Icó, e ao que tudo indica afeiçoou-se à cidade, ai permanecendo. Trabalhava muito e em contado direto comos doentes ao passo que os fazendeiros abandonavam a cidade.

A planta do teatro é do filho do médico o engenheiro Henrique Theberge. O estilo neoclássico, em moda na Europa, começava a chegar no Brasil, e este edifício foi o primeira obra pública a ser construído em estilo neoclássico no interior do Nordeste.

A grande seca de 1877, colocou uma pá de cal na industrialização do charque. Quase todo o rebanho bovino foi fatalmente vitimado pelo flagelo da seca. Populações inteiras, ricos, pobres, fazendeiros, senhores e escravos,... deslocaram-se para outras regiões, fugiram dos sertões. Levaram consigo o que lhes restava, venderam os negros para as Minas Gerais. Daí indagar-se: Onde estão os descendentes da mão de obra que edificou tão grandiosos edifícios, diante de ausência significativa de afro-descendentes no Ceará? Foram desumanamente transmigrados para os serviços do ouro e do diamante das Minas Gerais.

A morte de Pedro Theberge em 1872 e a economia em decadência fezeram com que as atividades artísticas e culturais do século XIX fossem abandonadas, de forma que somente na décaca de 1930, quando o cinema começou a se fortalecer no Brasil esse prédio encontrou outra serventia: Virou sala de exibição.

Com o advento da televisão na década de 1960, o cinema também entrou em decadência, de forma que o teatro perdeu novamente serventia prática. Ficando abandonado rupiram algumas paredes e teto por volta de 1974, sendo restaurado à época da administração Quilon Peixoto Farias (1976 - 1981).


O imóvel passou por três grandes reformas, sendo a primeira em 1935, 1981 e 2000. Hoje funciona como casa de espetáculo, como local de eventos, dentre outras utilidades.

O teatro foi tombado a nível estadual. O imóvel pertence à Prefeitura Municipal de Icó e está vinculado à Secretaria de Cultura.

Nome do Teatro: Teatro da Ribeira dos Icós
Localização: Icó, Ceará, Brasil

Teatro Violeta Arraes – Engenho de Artes Cênicas


Construído e inaugurado em 19 de Dezembro de 2002 pelo Governo do Estado do Ceará, Brasil, o Teatro Violeta Arraes – Engenho de Artes Cênicas foi um presente para a meninada, para moçada e para o todo o povão do sertão.

Seu nome homenageia a sertaneja Violeta Arraes Gervaseau e o conjunto arquitetônico dos engenhos de rapadura da região do cariri, berço cultural do Ceará. Seu projeto arquitetônico é de Maria Eliza Costa.


O Teatro Violeta Arraes – Engenho de Artes Cênicas é um espaço para formação de platéia e gestores culturais nas áreas de direção de espetáculos, sonoplastia, iluminação, cenário e roadie. Com uma programação aberta ao público, este espaço exibe semanalmente espetáculos nas áreas de música, dança, cineclube e teatro.

Nome do Teatro: Teatro Violeta Arraes – Engenho de Artes Cênicas
Localização: Nova Olinda, Ceará, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros no Ceará, Brasil:

Fortaleza
Teatro do Via Sul Shopping
Teatro Arena Aldeota
Teatro Celina Queiroz
Teatro Boca Rica
Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno
Teatro Carlos Câmara
Teatro Nadir Papí Saboya
Teatro de Bolso da Fundação Cultural
Teatro Marista
Teatro do Humor Cearense
Teatro Paurillo Barroso – Colégio Christus
Teatro Casa Amarela Eusélio Oliveira
Teatro Nadir Papi Sabóia
Teatro Docas
Teatro Marista Cearense
Teatro Morro do Ouro - CENA
Teatro Nadir Papi de Sabóya
Teatro SESI - Barra do Ceará

Nova Olinda
Teatro Violeta Arraes

Barbalha
Cine-Teatro Neroly Filgueira

Pacoti
Teatro Luiz Pimenta

Quixadá
Colégio Sagrado Cor. de Jesus - Teatro

Iguatu
Teatro Pedro Lima Verde

Crato
SESC - Teatro Crato
Teatro Salviano Arraes Saraiva

Teatro Nacional Cláudio Santoro


O Teatro Nacional Cláudio Santoro é um teatro brasileiro localizado em Brasília. Foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. A construção teve início no dia 30 de julho de 1960, e a estrutura ficou pronta em 30 de janeiro de 1961, mas por cinco anos a obra ficou parada. A Sala Martins Pena ficou pronta em 1966 e, após dez anos de atividade, foi fechada para reforma e finalização do teatro que ocorreu em 21 de abril de 1981.


O teatro Nacional Claudio Santoro localiza-se na Via N2, Setor Cultural Norte, possui estrutura com forma de pirâmide irregular: no seu interior destacam-se as salas Martins Pena, Villa-Lobos e Alberto Nepomuceno, onde de realizam ao longo de todo o ano numerosos atos e representações culturais.


Nome do Teatro: Teatro Nacional Cláudio Santoro
Localização: Brasília, Distrito Federal, Brasil

Espaço Cultural Renato Russo


O Espaço Cultural Renato Russo é um centro cultural administrado pela Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal. Está localizado em Brasília, Distrito Federal, Brasil.

O Espaço possui vários prédios interligados. O mais antigo deles era da década de 70, que fora a sede da Fundação Cultural do Distrito Federal. Outras estruturas foram incorporadas com o tempo, entre elas o Centro de Criatividade. Nos anos 80 estava em declínio, mas a comunidade se mobilizou para reativá-lo. Os prédios foram reformados com um projeto de Antonio Eustáquio, subvencionado pela Fundação Mokiti Okada, e foi reinaugurado em 13 de setembro de 1993.

Atualmente ele compreende o Teatro Galpão, uma sala multiuso, sala de vídeo, sala para cinema, galpão para oficinas, biblioteca, mezzanino, espaço para laboratório e escritórios de administração.

Nome do Teatro: Teatro Nacional Cláudio Santoro
Localização: Brasília, Distrito Federal, Brasil

Teatro Dulcina de Moraes


O Teatro Dulcina de Moraes pertence a Fundação Brasileira de Teatro. Possui tipologia italiana.

A atriz Dulcina de Moraes tinha como objetivo de vida desenvolver o teatro brasileiro e contribuir para a formação de novos artistas. Dulcina junto com Odilon Azevedo, quando ainda moravam no Rio de Janeiro, criaram a Fundação Brasileira de Teatro, nos anos 40. Naquela época mantinham a Fundação e o Teatro Dulcina, situados no Edifício Regina, no Centro da cidade, no Rio de Janeiro. Em 1955 Dulcina e Odilon fundaram a Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, onde ensinaram Ziembinski, Henriete Morineau e a própria Dulcina.

Em 1972 começou a ser construída a sede em Brasília. Em 1980 Dulcina se transferiu para a capital federal e a sede da Fundação Brasileira de teatro que teve a arquitetura de Oscar Niemeyer era composta de 5 andares que compunham a Faculdade de Artes e dois teatros; o Dulcina e o Conchita de Moraes com 98 lugares situado no sub-solo do Teatro Dulcina.

Em 1978 o Teatro Dulcina apresentou sua primeira peça Gota d'água, de Chico Buarque de Holanda e Paulo Pontes, dirigida e estrelada pela fabulosa Bibi Ferreira.

Dulcina de Moraes foi pioneira quando criou folgas para os atores de sua Companhia. Ela dedicou trinta anos de sua vida à Faculdade. Sua última atuação foi em Bodas de Sangue, de Garcia Lorca. Dulcina morreu em 1996.

Nome do Teatro: Teatro Dulcina de Moraes
Localização: Brasília, Distrito Federal, Brasil

Teatro Mapati


Com capacidade de 80 a 250 lugares, o Teatro Mapati foi fundado e dirigido pela atriz Maria Padilha.

Nome do Teatro: Teatro Mapati
Localização: Brasília, Distrito Federal, Brasil

Teatro SESC - Newton Rossi


O Teatro SESC - Newton Rossi da cidade de Ceilândia, Distrito Federal, Brasil, oferece uma diversificada programação apresentações de dança, teatro, show, cinema, oficinas, exposições, aulas de dança do ventre, dança de salão, ballet, baby class, teatro, violão, canto.


A maioria das apresentações tem entrada franca, as aulas tem o valor conforme a modalidade.

Nome do Teatro: Teatro Mapati
Localização: Ceilândia, Distrito Federal, Brasil

Teatro de Sobradinho


O Teatro de Sobradinho localiza-se em Sobradinho, tem formato italiano e possui capacidade para 300 espectadores.

Nome do Teatro: Teatro de Sobradinho
Localização: Sobradinho, Distrito Federal, Brasil

Teatro Poupex


Localizado no Setor Militar Urbano (SMU), ao lado do Oratório do Soldado, o Teatro Poupex tem 649 lugares e foi projetado para receber eventos de grande porte, como espetáculos teatrais, shows, convenções e apresentações de orquestras.

Nome do Teatro: Teatro Poupex
Localização: Brasília, Distrito Federal, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros no Distrito Federal, Brasil:

Brasília
Americel Hall
Anfiteatro do Jardim Botânico
Conjunto Cultural da Caixa - Teatro
Espaço Cultural Anatel
Funarte - Teatro Plínio Marcos
Teatro Sesc - Garagem
Teatro La Salle
Teatro Goldoni - Casa D'itália
Espaço Cultural Ary Barroso
Teatro SESC - Silvio Barbato
Teatro Oi Brasília
Teatro Caleidoscópio
Casa do Teatro Amador FCDF
Centro Cultural Banco do Brasil - Brasília
Centro Musical Toque de Classe
Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Complexo Cultural da República
Gran' Circo Lar
Centro Cultural Três Poderes
Centro de Dança
Funarte (Via Eixo Monumental)
Fund. Brasileira de Teatro - Sala Conchita de Moraes
Teatro Aloísio Magalhães
Teatro Aluísio Batata
Teatro Casa do Candango
Teatro da Assoc. Brasiliense de Odontologia
Teatro do Espaço Cultural da 508 Sul
Teatro dos Bancários
Teatro Goldoni
Teatro Sara Kubitschek
UNB - Complexo das Artes - Teatro
Casa Thomas Jefferson

Taguatinga
Espaço Cultural Paulo Autran
Teatro da Praça
SESI - Taguatinga - Cine-Teatro Yara Amaral
Auditório Central da Univ. Católica de Brasília
Lions Clube de Brasília
Shopping Risk Papelaria
Rotary Clube de Taguatinga
Centro Educacional Projeção
Bonbini Eventos
Bolso de Taguatinga

Águas Claras
Espaço Cultural Caesb

Ceilândia
Casa do Cantador

Gama
Teatro SESC - Gama
Cine Teatro Itapoã

Guará
Arena do Guará
Auditório da Administração do Guará

Teatro Goiânia


O Teatro Goiânia, inaugurado em 12 de junho de 1942, é o mais tradicional espaço cultural de Goiânia, capital do estado brasileiro de Goiás. Integra o conjunto arquitetônico do projeto da cidade. Trata-se do estilo Art decó do arquiteto Jorge Félix. Sua construção teve início em 1940, e foi concluída em 1942.

O Correio Oficial do dia 12 de junho de 1942 trazia a informação: "A inauguração do Teatro Goiânia vai ser marcada por uma super produção da Metro-Goldwyn-Mayer, na próxima terça-feira". À entrada do teatro, estava o então interventor federal do estado, Pedro Ludovico Teixeira, que descerrava a placa, dando por inaugurada a mais luxuosa casa de espetáculos da nova capital do estado de Goiás. No Cine-Teatro Goiânia que se realizou o Batismo Cultural de Goiânia. O filme Divino Tormento, com Nelson Eddy e Jeanette MacDonald, foi exibido na estreia. Na mesma semana, a Companhia Eva Todor, a maior empresa de comédia brasileira, inaugurou o palco com a obra Colégio Interno, de Ladislaw Todor. Embora tenha sido projetado para as funções de cinema e teatro, na verdade, o local jamais ofereceu condições para apresentações teatrais. As dimensões do palco eram reduzidas e impróprias para a montagem de espetáculos grandiosos e sofisticados.


Além de sua importância histórica, o teatro, na atualidade, é um dos principais espaços de apresentação de dança, teatro e música erudita e popular da cidade, tendo sido declarado Patrimônio Nacional em 2003. O Teatro Goiânia foi um dos primeiros prédios da nova capital. Com capacidade para 850 pessoas, está localizado na avenida Anhanguera, região central, no plano original da cidade.

Abre de segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas, e nos sábados, domingos e feriados para espetáculos.

O Teatro Goiânia, após abrangente obra de restauro e reconstituição de elementos originais, teve sua reinauguração no dia 28 de dezembro de 2010. A reabertura solene se deu com um concerto grandioso, tendo como solistas o barítono Renato Mismetti e o pianista Maximiliano de Brito, acompanhados pela Orquestra de Câmara Goyazes, sob a regência de Eliseu Ferreira.

Nome do Teatro: Teatro Goiânia
Localização: Goiânia, Goiás, Brasil

Cine Teatro São Joaquim


Inaugurado em 1° de junho de 1857 no Beco da Lapa, na Cidade de Goiás, Brasil, o Cine Teatro São Joaquim é considerado o primeiro cine teatro do Centro-Oeste brasileiro.

O nome é homenagem ao idealizador do espaço, Joaquim Manoel das Chagas Artiaga, comerciante vilaboense. Inicialmente, o local exibia peças interpretadas por atores famosos vindos de São Paulo e Rio de Janeiro. Com a mudança da capital em 1937 e, consequentemente, transferência dos funcionários para Goiânia, o teatro São Joaquim entrou em decadência e, algum tempo depois encerrou as atividades, sendo demolido pelo então prefeito Arnulfo Ramos Caiado.


Nos anos 1980, o governo local adquiriu o prédio onde existia o Cine Anhanguera, que também estava inativo. Após reforma em 1992, reinaugurou no novo espaço o Cine Teatro São Joaquim. Em 1999, ganhou galeria de arte e o hall de entrada foi adaptado para deficientes físicos. Em 2001, o teatro passou por outra reforma, na qual foram instalados ar condicionado e quatro camarins. Hoje, o Teatro São Joaquim é espaço para os artistas locais e, principalmente, sede do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica).

Nome do Teatro: Cine Teatro São Joaquim
Localização: Goiânia, Goiás, Brasil

Teatro de Pirenópolis


Em um raríssimo sobrado, o Teatro de Pirenópolis foi construído em 1899. Seu estilo é reconhecido como neoclássico ou híbrido (entre colonial e a contemporâneo).

Em 1999, o teatro foi praticamente reconstruído, preservando-se a fachada e vários detalhes originais de sua construção e introduzindo alguns recursos técnicos modernos.

O Teatro de Pirenópolis é administrado pelo Estado e é usado para peças, concertos, eventos e shows. Possui 160 poltronas, palco com ciclorama de 7 x 7m e 4,5 m de altura, camarim comum subterrâneo e ar-condicionado. É aberto a visitação.

Nome do Teatro: Teatro de Pirenópolis
Localização: Pirenópolis, Goiás, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros em Goiás, Brasil:

Goiânia
Centro de Convenções de Goiânia - Teatro Rio Vermelho
Centro Cultural Martin Cererê - Teatro Pyguá
Centro Cultural Martin Cererê - Teatro Yguá
Centro Cultural Martin Cererê - Teatro Ytakuá
Teatro da Escola Técnica Federal de Goiás
Teatro InAcabado
Zabriskie Teatro-Escola

Anápolis
Teatro Municipal de Anápolis
Casa Phrestas

Ceres
Teatro Municipal de Ceres

Corumbá de Goiás
Cine-Teatro Esmeralda

Itumbiara
Teatro Glauber Rocha

Quirinópolis
Palácio da Cultura Teotônio Vilela - Teatro

Rio Verde
Teatro Cesar Bastos

Cine Teatro Cuiabá


Patrimônio histórico e artístico de Mato Grosso, Brasil, o Cine Teatro Cuiabá foi inaugurado no dia 23 de maio de 1942, na área central de Cuiabá. Com estilo art-decó, permaneceu por 55 anos como principal espaço das atividades culturais da capital e desativado em 1997 por falta de condições de uso.


Por meio de recursos do Governo Federal e Governo Estadual, o espaço cultural foi reformado respeitando as característica originais de sua edificação, e então reinaugurado em 21 de maio de 2009.

Desde a volta às atividades, o palco do Cine Teatro Cuiabá tem recebido inúmeros espetáculos e eventos artísticos culturais que promovem a reflexão e a difusão do conhecimento da arte, da educação e da cultural.

Nome do Teatro: Cine Teatro Cuiabá
Localização: Cuiabá, Mato Grosso, Brasil

Teatro SESC - Arsenal


O Teatro SESC - Arsenal possui capacidade para 280 pessoas. É Confortável, possui uma acústica excelente, ótimos recursos para iluminação e equipamento de som razoável. Foi restaurado em 2002.

Nome do Teatro: Teatro SESC - Arsenal
Localização: Cuiabá, Mato Grosso, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros em Mato Grosso, Brasil:

Cuiabá
Teatro Universitário
Teatro da CDL - Câmara dos Diretores Lojistas
Espaço Cultural Silva Freire - Teatro
Escola Técnica Federal - Sala Hélio Vieira
Anfiteatro do Colégio Liceu Cuiabano

Centro Cultural José Octávio Guizzo 
Teatro Aracy Balabanian -


O Centro Cultural José Octávio Guizzo é um centro cultural localizado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil. O local apresenta shows, peças teatrais, encontros, palestras, espetáculos de dança e outros eventos culturais.

O nome de seu teatro, é em homenagem a atriz sul-mato-grossense Aracy Balabanian.

Nome do Teatro: Centro Cultural José Octávio Guizzo - Teatro Aracy Balabanian
Localização: Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil

Teatro Municipal de Dourados


O Teatro Municipal de Dourados é um teatro brasileiro localizado na cidade de Dourados, Mato Grosso do Sul, Brasil, e que tem a capacidade para 420 lugares. Serve para atividades culturais como dança e teatro.

Possui som, iluminação, ar condicionado, banheiros masculino e feminino e boca de cena com oito metros de altura, dez metros de largura e doze metros de profundidade.

Nome do Teatro: Teatro Municipal de Dourados
Localização: Dourados, Mato Grosso do Sul, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros em Mato Grosso do Sul, Brasil:

Campo Grande
Centro de Convenções - Auditório Manoel de Barros
Teatro do Paço Municipal
Teatro do Colégio Salesiano Dom Bosco
Teatro Fernanda Montenegro
Teatro Glauce Rocha
Teatro Prosa - SESC - Campo Grande

Aquidauana
Centro Cultural Décio Corrêa de Oliveira - Teatro
Centro Cultural Rubens Corrêa - Teatro

Colaboraram: Wikipedia, ctac, Teatropédia - Enciclopédia Virtual das Artes do Palco, www.teatrochicoanysio.com.br, Walden Luís, diretor do Teatro Antonieta Noronha, hoteis-em-fortaleza.com, Arte, Cultura e Espiritualidade, Teatro João Barreto, Prefeitura de Maranguape, rachelqueiroz.blogspot.com.br, TEXTO E PESQUISA DE WASHINGTON LUIZ PEIXOTO VIEIRA, COM DIREITOS AUTORAIS NA FORMA DA LEI Nº 9.610/98- SE COPIAR CITE A FONTE- E- Mail wlpv1@hotmail.com Texto reeditado, em parte, em 23 de abril de 2009, ratificando a origem de P. F. Théberg, TEATRO VIOLETA ARRAES – ENGENHO DE ARTES CÊNICAS, www.teatrodapraia.com.br, JOAO CARLOS PEDREIRA (Mestre em Eficiencia Energética na Arquitetura, Especialista em Esporte Educacional, Arquiteto e Tecnólogo em Segurança da Informação.Brasilia, DF, Brasil), dfcriativa, Paulo Dantas e Casa XV, Luz Paiva (http://gritoventral.blogspot.com.br), Alan Bailão, Jorge Macedo.