sexta-feira, 3 de agosto de 2012

TEATROS DO MUNDO

Teatro Carlos Gomes (Vitória)


O Teatro Carlos Gomes, é um teatro localizado na Praça Costa Pereira no centro da cidade de Vitória, Espírito Santo, Brasil. Foi inaugurado em 5 de janeiro de 1927.

O Teatro Carlos Gomes foi inspirado no Teatro Scala, de Milão, e projetado pelo arquiteto italiano André Carloni. Apresenta uma mistura de estilos em que predomina o neoclássico.

A pintura atual do teto é de Homero Massena.

Nome do Teatro: Teatro Carlos Gomes
Localização: Vitória, Espírito Santo, Brasil

Teatro da Casa de Cultura Capixaba


O Teatro da Casa de Cultura Capixaba é um teatro de Vitória, de estilo italiano e propriedade privada. Com capacidade para 120 espectadores, o teatro encontra-se atualmente desativado.

Nome do Teatro: Teatro da Casa de Cultura Capixaba
Localização: Vitória, Espírito Santo, Brasil

Centro Cultural Sesc Glória (Antigo Teatro Glória)


O prédio do antigo Teatro Glória destaca-se na paisagem do centro de Vitória, Espírito Santo, Brasil.

Edificado em concreto armado e revestimento em pó de pedra, o prédio foi projetado pelo arquiteto alemão Ricardo Wright e apresenta elementos da arquitetura eclética, com o uso de sacadas e balaústres, e o tradicional coroamento, no teto da estrutura, com cúpula na esquina.

É a primeira construção com cinco andares da cidade, iniciada em 1926. Adquirido pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), o prédio está em reforma para a instalação do Centro Cultural Sesc Gloria.

Iniciada em 2009, essa reforma prevê novas ambientações internas e reestruturação do espaço, que terá sete andares e as seguintes instalações: teatro; cybercafé; livraria; bombonière; galeria de arte; restaurante; cinema; biblioteca; anfiteatro; bar panorâmico, com mirante e jardim no terraço, entre outros espaços.

Nome do Teatro: Centro Cultural Sesc Glória (Antigo Teatro Glória)
Localização: Vitória, Espírito Santo, Brasil

Teatro Municipal Artênio Merçon


O Teatro Municipal de Castelo, Sebastião Artênio Merçon, foi inaugurado em 29 de Janeiro de 1983.

Possui uma arquitetura arrojada e confortáveis instalações que garantem a comodidade dos usuários. Com 245 lugares, é destino obrigatório de todos os amantes das artes.

Em seu palco acontecem apresentações de dança, shows, teatro e outros espetáculos variados que fazem parte do seu calendário de atividades. Desde julho de 2001 passou a funcionar também como cinema.

Nome do Teatro: Teatro Municipal de Castelo (Sebastião Artênio Merçon)
Localização: Castelo, Espírito Santo, Brasil

Teatro Municipal Rubem Braga


O Teatro Municipal Rubem Braga em Cachoeiro do Itapemirim, Espírito Santo, Brasil, foi construído no ano de 2000 para apresentações de peças teatrais, shows e cinema.

Conta com 292 poltronas bastante confortáveis, e o teatro é equipado com aparelhos modernos de iluminação, acústica e sonorização e dois amplos camarins.

Umas equipe de profissionais bem treinados são encarregados da bilheteria, recepção, portaria, iluminação e coordenação dos eventos culturais.

Nome do Teatro: Teatro Municipal Rubem Braga
Localização: Cachoeiro do Itapemirim, Espírito Santo, Brasil

Teatro Municipal Fernando Torres


Inaugurado em 30 de junho de 2000 com a presença do ator homenageado Fernando Torres e de sua esposa Fernanda Montenegro, o Teatro Municipal “Fernando Torres” é uma das referências da cultura guaçuiense, sendo um pólo catalisador das artes, com apresentações de dança, teatro, shows, debates e seminários, além de sua galeria de artes “Zélia Viana de Aguiar” que abriga exposições de pintura, desenho, esculturas, artesanato, fotografias, entre outras manifestações.

Construído com recursos do Governo Federal, Governo do Estado do Espírito Santo e Prefeitura Municipal de Guaçuí, sendo uma das melhores casas de espetáculo do território capixaba; tem a capacidade de 260 lugares e um palco que atende a peças de pequeno e médio porte com cerca de 106 metros quadrados. Possui dois camarins, uma boa área de coxia, fácil acesso para descarga de material cênico, além de varas de iluminação e cenário.

Uma das boas qualidades do teatro está no seu tratamento acústico e sua inclinação de plateia que o faz estar na lista dos teatros mais procurados da região. Desde 2000 recebe espetáculos continuamente, de peças locais com o Grupo “Gota, Pó e Poeira” e o Ballet Guaçuí, a nomes expressivos do cenário nacional como Luís Salém, Juca Chaves, Ary Toledo, Ana Rosa, Paulinho Pedra Azul, Xangai, Nerso da Capitinga, Luciano Viana, Raoni Carneiro, Mayana Neiva, entre outros.

Ao longo dos anos, seus maiores sucessos de bilheteria – fora a grande do Festival Nacional de Teatro de Guaçuí que acontece em agosto – são: “Por favor matem minha empregada”, “Meu tio é tia”, “Confissões de adolescente”, “No tempo do vinil”, “Pretas por ter”, “Aonde está você agora”, “Vem buscar-me que ainda sou teu” e “Chocolates, cravos e espinhas”, “Violetas na janela”, entre outros. Nesses anos também muitos outros trabalhos de qualidade foram apresentados, que marcaram a história desse palco guaçuiense.

Entre as muitas lembranças do teatro, ficou marcado o dia em que Fernanda Montenegro entrou pela primeira vez na plateia e ao ver a caixa cênica aplaudiu e gritou “bravo, bravo!”. Também registra-se naquele dia a presença de Darlene Glória, um mito do cinema e do teatro brasileiro, que fez questão de prestigiar a sua inauguração.

O primeiro evento artístico do teatro foi a apresentação da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo, num belíssimo concerto, seguindo depois das apresentações dos espetáculos do Grupo Gota – A lenda do talismã e Canção dentro do pão.

O Teatro Municipal Fernando Torres é também um centro de convenções atendendo a eventos culturais e educacionais das áreas administrativas da Prefeitura Municipal, além de servir também à comunidade com realização de seminários, palestras, conferências e debates.

Nome do Teatro: Teatro Municipal Fernando Torres
Localização: Guaçuí, Espírito Santo, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros no Espírito Santo, Brasil:

Vitória
Teatro da FAFI
Teatro da Praça Pedro Caetano
Teatro do Carmélia (José Carlos de Oliveira)
Teatro Fábrica da Ilha
Teatro Galpão
Teatro Metrópolis da UFES
Teatro Universitário da UFES
Teatro SESI - Espaço Cultural Rui Lima do Nascimento

São Mateus
Cine-Teatro Shopping Porto de São Mateus

Linhares
Teatro Edison Azevedo

Guarapari
Multiplace Mais

Vila Velha
Teatro Municipal Élio de Almeida Vianna

Mimoso do Sul
Teatro Stênio Garcia

Teatro Apolo (Recife)


Teatro Apolo, atualmente denominado Cine Teatro Apolo, é o teatro mais antigo da cidade do Recife, Pernambuco, Brasil.

O Teatro Apolo teve sua construção iniciada em 1839 pela Sociedade Harmônico Theatral'. Inaugurado em 1842, funcionou por 18 anos, sendo desativado em destinando-se suas instalações para um armazém de açúcar.

Tendo ainda sua fachada preservada, foi restaurado e reaberto em 1981, recebendo nova restauração em 1986, quando recebeu a companhia do Teatro Hermilo Borba Filho, passando a contituir o Centro de Formação e Pesquisa das Artes Cênicas Apolo-Hermilo. Em 1988, o Centro recebeu também a companhia do Centro de Documentação Hosman Lins.

Nome do Teatro: Teatro Apolo
Localização: Recife, Pernambuco, Brasil

Teatro Arraial


O Teatro Arraial, criado durante a administração cultural de Ariano Suassuna, foi inaugurado em agosto de 1997. Desde então, recebeu espetáculos esporádicos de teatro e dança e serviu para exibições cinematográficas, além de ter oferecido cursos, palestras e debates sobre artes cênicas em geral.

O espaço é uma casa de pequeno porte, com 94 poltronas, ar-condicionado central e dois camarins. O palco do Teatro mede 9,4 metros de largura e 7 metros de profundidade.

A Fundação do Patrimônio Artístico e Histórico de Pernambuco (Fundarpe) administra o Teatro Arraial, que pertence ao Governo do Estado de Pernambuco.

Nome do Teatro: Teatro Arraial
Localização: Recife, Pernambuco, Brasil

Teatro Barreto Junior


Com o fechamento de várias salas de cinema nos bairros do Recife, muitas pessoas perderam uma opção de divertimento cultural. Muitos destes cinemas foram demolidos ou encontram-se em ruínas. Um destino diferente teve o Cine-Atlântico, no Bairro do Pina.

Depois de desativado o espaço foi comprado pela Prefeitura ao grupo Luiz Severiano Ribeiro, em 1985. E com os trabalhos do arquiteto Erick Permann, o velho cinema transformou-se no Teatro Barreto Júnior, tendo sua fachada original preservada.

Somente a partir de outubro de 1985, foram iniciadas as obras de restauração e construção do Barreto Júnior. E finalmente, a 30 de dezembro daquele ano, o primeiro teatro da Zona Sul da Cidade foi entregue a população, com a encenação do esptáculo Festança, do Mamulengo Só-Riso.

Assim quase se cumprir o sonho do velho ator José do Rego Barreto Júnior; o de ter um teatro em Boa Viagem.

Nome do Teatro: Teatro Barreto Junior
Localização: Recife, Pernambuco, Brasil

Teatro de Santa Isabel (Recife)


Dezoito de maio de 1850: a então província de Pernambuco entra numa nova fase de sua vida cultural, com a inauguração do Teatro de Santa Isabel após dez anos de obras. Onze de novembro de 2002: o Teatro de Santa Isabel reabre suas portas depois de sete anos de reformas, voltando a ser referência e opção de espaço para grandes espetáculos.


O Teatro de Santa Isabel é hoje um dos 14 teatros-monumento do país reconhecidos como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, título que ganhou em 1949. Sua história tem páginas repletas de óperas, dramas, concertos, comédias, torneios de oratórias, solenidades cívicas e políticas, bailes, festas e jantares. O Santa Isabel foi durante muito tempo o palco do Recife, em todos os aspectos: políticos, sociais e culturais.

Em 152 anos de existência, o teatro já passou por três reformas. A mais recente começou há sete anos e consumiu recursos da ordem de R$ 8,5 milhões. A arquitetura neoclássica do início do século XIX está agora aliada à modernidade. A reforma fez uso da tecnologia que permitiu inovações na estrutura do teatro e no conforto para os espectadores. A arquitetura original está preservada, mas novos recursos tecnológicos foram implantados.


Entregue novamente à população pela Prefeitura do Recife, o Santa Isabel alia tradição e modernidade na vida cultural da capital pernambucana. Do hall aos camarins, do palco às galerias, o local abriga surpresas como a cafeteria que, com seu design de época, transporta os visitantes a uma agradável viagem no tempo.

Nome do Teatro: Teatro de Santa Isabel
Localização: Recife, Pernambuco, Brasil

Teatro Valdemar de Oliveira


O Teatro Valdemar de Oliveira é uma casa de espetáculos recifense pertencente ao Teatro de Amadores de Pernambuco.

O Nosso Teatro, que seria construído pelo Teatro de Amadores de Pernambuco, teve obras iniciadas em dois locais diferentes, antes de sua localização final.

Inicialmente, foi doado ao grupo o Teatro Almare, cujo terreno foi desapropriado pelo governo de Pernambuco para ali construir a Biblioteca Pública. Depois um prédio abandonado no bairro da Encruzilhada teria essa destinação, mas o intento não se realizou. Por fim, foi adquirida a casa 412 da Praça Oswaldo Cruz, onde foi erguido o teatro.

Com o nome de Nosso Teatro, foi inaugurado em 23 de maio de 1971 por Valdemar de Oliveira.

Com a morte do seu idealizador e criador, em 18 de abril de 1977, o grupo teatral, em sua homenagem, mudou seu nome para Teatro Valdemar de Oliveira no dia em que completava 6 anos, em 23 de maio de 1977.

Em 19 de outubro de 1980 um incêndio destruiu as instalações do teatro, que passou muito tempo para ser restaurado.

Ele foi totalmente reconstruído, sendo reinaugurado em 20 de dezembro de 1987. Para a festa de reinauguração foi especialmente convidado o ator Paulo Autran.

Nome do Teatro: Teatro Valdemar de Oliveira
Localização: Recife, Pernambuco, Brasil

Teatro Luiz Mendonça


É o `caçula` entre os teatros municipais do Recife, Pernambuco, Brasil. Instalado no bairro de Boa Viagem, zona sul da cidade, o Teatro Luiz Mendonça faz parte do Parque Dona Lindu e obedece a uma série de critérios rígidos estabelecidos pelos técnicos do arquiteto Oscar Niemeyer, responsável pelo projeto do parque. Cores e marcas de tinta, especificações de lâmpadas.

Todos os detalhes precisam ser cumpridos à risca para garantir a autenticidade da obra. Tanto zelo não é para menos, o espaço tem um aestrutura inovadora.

O palco tem um sistema reversível, que possibilita o funcionamento tanto para a área interna, quanto para a esplanada do parque, em casos de apresentações ao ar livre para um público de mais de duas mil pessoas. O teatro tema ainda capacidade para 587 lugares na plateia, sendo seis poltronas para pessoas com baixa mobilidade e dez reservas para cadeirantes.

Nome do Teatro: Teatro Luiz Mendonça
Localização: Recife, Pernambuco, Brasil

Teatro Marco Camarotti


O Teatro Marco Camarotti pertence ao Sesc Santo Amaro e sedia festivais importantes como o Janeiro de Grandes Espetáculos e o Festival Nacional de Teatro. Foi inaugurado em dezembro de 2009 e é especializado em teatro para infância e juventude.

O teatro – que tem no nome uma alusão ao ator, encenador, escritor e professor pernambucano – possui capacidade para 150 pessoas, e permite quatro configurações de palco. O local abriga ainda o Centro de Pesquisa em Arte para Infância e Juventude.

Nome do Teatro: Teatro Marco Camarotti
Localização: Recife, Pernambuco, Brasil

Nova Jerusalém


Nova Jerusalém é um teatro brasileiro ao ar livre, localizado no distrito de Fazenda Nova, município de Brejo da Madre de Deus, à 202km do Recife, no estado brasileiro de Pernambuco.




Seus cenários buscam representar uma reconstrução parcial da cidade de Jerusalém nos tempos em que viveu o SENHOR JESUS. Seu projeto foi idealizado e construído por Plínio Pacheco.



Todos os anos, durante a Semana Santa, realiza-se o popular espetáculo da Paixão de Cristo. Participam dessa encenação cerca de 500 pessoas, entre atores e figurantes.

Nome do Teatro: Nova Jerusalém
Localização: Brejo da Madre de Deus, Pernambuco, Brasil

Lista de Outros Importantes Teatros em Pernambuco, Brasil:

Recife
Casa da Cultura - Teatro Clênio Wanderley
Centro de Artes da UFPE - Teatro Milton Bacarelli
Centro de Convenções da UFPE - Concha Acústica
Centro de Convenções da UFPE - Teatro
Espaço Cultural Arlecchino - Teatro
Espaço do DCE
Teatro Armazém 14
Teatro Capiba SESC - Casa Amarela
Teatro de Bonecos Lobatinho
Teatro do CECOSNE
Teatro do Derby
Teatro do Forte
Teatro do Horto de Dois Irmãos
Teatro do Parque
Teatro do Parque Cultural Sítio da Trindade
Teatro Hermilo Borba Filho
Teatro Inácia Raposo
Teatro Joaquim Cardozo
Teatro Ribalta
Teatro Salesiano
Teatro Santa Maria
Teatro Alfredo Oliveira

São Lourenço da Mata
Cine-Teatro Royal

Taquaritinga do Norte
Anfiteatro do PRONAICA
Auditório do CAIC

Palmares
CC Hermilo Borba Filho - Cine-Teatro Apolo

Petrolina
Teatro SESC - Petrolina
Centro Cultural Colégio Dom Bosco

Garanhuns
Centro Cultural de Garanhuns - Teatro Alfredo Leite

Olinda
Teatro Municipal Duarte Coelho
Teatro Fernando Santa Cruz
Teatro Antônio Almeida
Teatro Popular do Bonsucesso
Fundação Casa da Criança - Teatro do Bonsucesso
Centro de Convenções de Pernambuco - Teatro Beberibe
Centro de Convenções de Pernambuco - Teatro do Brum
Centro de Convenções de Pernambuco - Teatro Guararapes
Centro de Convenções de Pernambuco - Teatro Ribeira
Centro de Produção Cultural Mamulengo Só-Riso - Espaço Cênico

Triunfo
Cine-Teatro Guarany

Paulista
Cine-Teatro Municipal Paulo Freire

Goiana
Cine-Teatro Polyteana

Jaboatão dos Guararapes
Teatro Artplex

Cabo de Santo Agostinho
Teatro Barreto Junior

Belo Jardim
Teatro Diná de Oliveira

Vitória de Santo Antão
Teatro Iracema
Teatro Radar
Teatro Silogeu
Teatro do Colégio DAMAS

Caruaru
Teatro João Lyra Filho
Teatro Joel Pontes
Teatro Lício Neves
Teatro SESC - Rui Limeira Rosal

Paudalho
Teatro Municipal de Paudalho

Santa Cruz do Capibaribe
Teatro Municipal Emídio Eduardo Bernardino Martins

Arcoverde
Teatro Municipal Geraldo de Barros

Salgueiro
Teatro Municipal Urbano Parente Muniz

Timbaúba
Teatro Recreio Benjamim

Arcoverde
Teatro SESC - Arcoverde

Camaragibe
Teatro Camará

Colaboraram: Wikipedia, Teatropédia - Enciclopédia Virtual das Artes do Palco, CTAC - Centro Técnico de Artes Cênicas, Portal Castelo, Aqui ES - Jornal Folha do Caparaó, Agenda Cultural do Recife, Elian Balbino (old.pernambuco.com), Marcio Cabral de Moura (Fotógrafo)

2 comentários:

  1. Amei a publicação! Precisamos conhecer todas as maravilhas que o Brasil possui...

    ResponderExcluir
  2. Olá td bem?...Vim conhecer seu Blog
    adorei,tem coisas lindas por aqui,já seguindo.
    Passa la no meu cantinho e se gostar me segue também.
    Bjooooooooooooooe com Deus!
    Cigana Raicha
    http://ciganaluminosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.