sexta-feira, 13 de agosto de 2010

PROGRAMA ATEMPORAL


Um espetáculo é interrompido pela atriz principal repentinamente, que decide assumir sua crise existencial diante do público. Ela participa de um triângulo amoroso com dois atores de sua companhia teatral, o ex-marido e sua atual amante. Em A Loba De Ray-Ban, Christiane Torloni, Leonardo Franco e Maria Maya são os três atores que discutem sobre moral e sobre os relacionamentos amorosos.

Nessa nova versão, dirigida por José Possi Neto, passados 22 anos, os papéis se invertem. Christiane Torloni passa a fazer o papel que era de Raul Cortez. Leonardo Franco o que era de Christiane e o papel do jovem ator, antes representado por Leonardo, agora será feito pela jovem atriz Maria Maya. O triângulo garante voyerismo, bissexualidade e expõe o cotidiano nos camarins e coxias de um teatro.

Ficha Técnica

Espetáculo: A Loba De Ray-Ban
Elenco: Christiane Torloni, Leonardo Franco e Maria Maya
Texto: Renato Borghi
Direção: José Possi Neto
Cenário: Jean-Pierre Tortil
Figurino e Visagismo: Fabio Namatame
Iluminação: José Possi Neto
Trilha Sonora: Túnica e Aline Meyer
Preparação Corporal: Suzana Mafra
Programação Visual: Denise Mattar
Direção de Produção: José Luiz Coutinho e Elza Costa
Produção Executiva: Wagner Pacheco
Foto: Divulgação / Luiz Tripolli

Serviço

Temporada: De 24 de julho a 12 de setembro de 2010.
Horário(s): Sexta e sábado, as 20h; Domingo, às 18h.
Local: Teatro Carlos Gomes
Endereço: Praça Tiradentes, s/nº, Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone(s): (0**21) 2232-8701 / 2224-3602
Ingresso(s): R$ 30,00.


Após longa e bem sucedida temporada em São Paulo, o espetáculo O Crápula Redimido, escrito e dirigido por Leonardo Cortez, está em cartaz no Sesc Tijuca. O texto é parte do livro Trilogia Canalha, lançado em 2008 pelo dramaturgo.

No palco, a peça mostra a história de um empresário inescrupuloso, que tem nos sete pecados capitais a sua filosofia de prosperidade. Ao longo da trama, o empresário descobre sofrer de uma doença incurável e diante da perspectiva da morte inicia uma epopéia rumo à redenção, descobrindo que todas as pessoas que ele julgava prejudicar, na realidade são tão calhordas quanto ele.

O espetáculo tem no elenco Gil Hernandez, Cláudia Paiva, Claudio Amado, Patrícia Batitucci, Julia Sabugosa e Charles Myara. A sonoplastia fica por conta de Ricardo Corte Real e é executada ao vivo pela cantora Lia Sabugosa. Em O Crápula Redimido, o caráter do brasileiro é colocado em xeque, numa tragicomédia que aponta as incoerências sociais, a selvageria do mundo corporativo e os sacrifícios éticos do homem moderno na busca pela estabilidade.

O texto de Leonardo Cortez tem como características a agilidade dos diálogos e a construção de cenas a partir de grande intensidade dramática.

Ficha Técnica

Espetáculo: O Crápula Redimido
Elenco: Cláudia Paiva, Gil Hernandez, Claudio Amado, Patrícia Batitucci, Julia Sabugosa e Charles Myara
Texto e Direção: Leonardo Cortez
Iluminação: César Germano
Figurinos: Pedro Lacerda e Fernanda Garcia
Música Original: Leonardo Cortez e Conrado
Trilha Sonora: Ricardo Corte Real
Música ao vivo: Lia Sabusoga
Foto: Divulgação

Serviço

Temporada: De 6 á 29 de agosto de 2010..
Horário(s): Sexta, sábado e domingo, às 20h.
Local: Teatro Sesc Tijuca
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 539, Tijuca - Zona Norte - Rio de Janeiro/RJ
Telefone(s): (0**21) 3238-2100
Ingresso(s): R$ 16,00.


O espetáculo Lisístrata, A Greve do Sexo relata a história de mulheres que resolvem protestar, enquanto os homens não votarem leis favoráveis à paz. Lideradas por Lisístrata e cansadas da guerra, as mulheres do país conspiraram uma revolta e instauraram uma greve geral. O resultado do protesto fez com que, após 3 meses, todos no país se sintam absolutamente necessitados do prazer carnal.

Nesta inteligente comédia recheada de humor ácido e apimentado, o escritor grego Aristófanes usa a libido sexual como tema, para trazer à tona uma reflexão profunda a respeito da guerra e da paz, da reconciliação, da disputa entre os gêneros e sobre o amor. O escritor é considerado um dos mais importantes autores universais e um dos pais da comédia ocidental.

Apesar de ser escrito aproximadamente 411 a.C., o texto acaba narrando um assunto muito atual nos dias de hoje: a busca pela sensibilização e uma visão sobre o futuro desastroso que o homem está construindo, na barbárie e no caos em que vivemos.

Ficha Técnica

Espetáculo: Lisístrata, A Greve do Sexo
Texto: Aristófanes
Direção e adaptação: Daniel Terra
Elenco: Clara Porto, Daniela Porfirio, Fabiana Oliveira, Flávia Porto, Gisa Gomes, Gustavo Muricy, Jaqueline Braga, Jean Éder, Romulo Bolivar, Ronald Sohma, Thaís Chen, Vitor Andrade, Victor Sousa, Vinícios Soares e Wellington Cássio
Trilha Sonora: Cristian Porto
Produção: Daniel Terra e Jorge Wilson Braga
Figurinos e cenografia: Grupo Barcarola Teatro
Foto: Divulgação

Serviço

Temporada: De 7 á 29 de agosto de 2010.
Horário(s): Sábado e domingo, às 21h.
Local: Teatro Henriqueta Brieba (Tijuca Tênis Clube)
Endereço: Rua Conde de Bonfim, 451, Tijuca - Zona Norte - Rio de Janeiro/RJ
Telefone(s): (0**21) 3294-9326
Ingresso(s): R$ 20,00.

EXPOSICÃO


As Palavras Que Nos Faltaram

O Ateliê da Imagem Espaço Cultural, em parceria com o Escritório de Fotografias, de Luiz Porchat, fazem a exposição coletiva As Palavras Que Nos Faltaram, com obras de 12 artistas visuais brasileiros. A galeria é virtual e tem o objetivo de representar fotógrafos já consagrados e novos talentos, e promover a arte da captação da imagem, estimulando discussões e o colecionismo.

O Ateliê é localizado na Urca e recebe fotos dos seguintes artistas brasileiros: Ana Lucia Mariz, Christiana Carvalho, Fausto Chermont, Ilana Bessler, Jaques Faing, Jordi Burch, Luciano Bonomo, Luigi Stavale, Patricia Gouvêa, Paula Brandão, Penna Prearo, Renan Cepeda.

Outro intuito da mostra é o de acompanhar e apresentar novas tendências, além de apoiar a criação e a relação das novas tecnologias com as mais tradicionais, para a promoção, a produção e a divulgação da fotografia no mundo.

Foto: Patrícia Gouvêa

Exposicão: As Palavras Que Nos Faltaram
Local: Ateliê da Imagem - Rio de Janeiro/RJ
Endereço: Avenida Pasteur, 453 - Urca - Zona Sul - Rio de Janeiro/RJ
Datas: De hoje, 13 de agosto de 2010 á amanhã, 14 de agosto de 2010.
Horário(s): Sexta, das 10h às 21h; Sábado, das 10h às 17h.
Telefone(s): (0**21) 2541-6930 / 2541-3314
Ingresso(s): GRATUITO

Um comentário:

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.