sexta-feira, 21 de maio de 2010

PROGRAMA ATEMPORAL


Até o dia 30 de maio, o Teatro do Leblon apresenta A Marca do Zorro, com texto e direção de Pedro Vasconcelos. Ação, romance, intriga e aventura, ingredientes básicos para a conquista de toda a família, fazem parte do espetáculo que conta com Priscila Fantin, Thierry Figueira, Tadeu Mello e mais 17 atores em cena em lutas de esgrima, treinamento de parkours e dança flamenca.

Na história, um homem misterioso e mascarado enfrenta um exército de bandidos deixando em suas aparições sua famosa marca. Obrigados a roubar o ouro de suas próprias terras, o povo mexicano descobriu um herói misterioso, a única esperança de se livrarem da tirania espanhola. Entre lutas, espadas e romances, nosso herói mascarado nos leva a uma incrível e inesquecível aventura.

Ficha Técnica

Espetáculo: A Marca do Zorro
Texto: Pedro Vasconcelos
Direção: Pedro Vasconcelos
Direção musical: Bruno Marques
Elenco: Priscila Fantin, Thierry Figueira, Tadeu Mello, Gaspar Filho, Arthur Brandão, entre outros
Foto: João Miguel Junior

Serviço

Temporada: Até 30 de maio de 2010
Local: Teatro do Leblon - Sala Marília Pêra/RJ
Horário(s): Quinta a sábado, 21h; domingo, 20h.
Ingressos: R$ 50,00 (quinta e sexta); R$ 70,00 (sábado); R$ 60,00 (domingo).



Até o dia 4 de julho, o Centro Cultural Banco do Brasil apresenta o espetáculo Tempo de Solidão, com texto de Márcia Zanelatto e direção de Ivan Sugahara. O drama sobre separação venceu a edição de 2009 do projeto Seleção Brasil em Cena, cujo objetivo é montar textos de novos autores encenados por atores recém-saídos das principais escolas de teatro da cidade.

Ambientada numa estação de trem, a trama conta a história de um casal que se depara com chegadas e partidas e a possibilidade de uma vida diferente após o rompimento. Personagens lúdicos, como o mensageiro e o bilheteiro, interagem com o homem e a mulher, que esperam tomar novos rumos em seus destinos.

Ficha Técnica

Espetáculo: Tempo de Solidão
Texto: Márcia Zanelatto
Direção: Ivan Sugahara
Elenco: Bruno Dubeux, Carol Garcia, Fábio Cardoso, Marília Misailirdis, Samuel Paes Luna e Victor Mattos
Direção de Arte: Ruy Cortez
Iluminação: Renato Machado
Boneco e Direção de Manipulação: Márcio Newlands
Trilha Sonora: Ivan Sugahara
Diretora Assistente: Flávia Naves
Foto: Cristiane Assunção

Serviço

Temporada: Até 4 de julho de 2010
Local: Centro Cultural Banco do Brasil – Teatro III
Rua Primeiro de Março, 66 – Centro/RJ
Horário: De Quarta a Domingo às 19h30
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada)
Tempo de Duração: 50 minutos
Telefone: (0**21) 3808-2020
Capacidade de Público: 80 lugares
Acessível para cadeirantes

EXPOSIÇÃO


Até o dia 20 de julho, o Espaço Cultural Sérgio Porto traz a exposição Rio na Rua, de Aimberê César. O artista apresenta fotografias, desenhos e objetos. As obras abordam e criticam o projeto Choque de Ordem, promovido pela atual prefeitura.

Os temas explorados remetem a ícones da cultura popular das ruas cariocas, como o vassoureiro, o amolador, o coco, o vendedor de frutas, o verdureiro, além de ambulantes que comercializam mate e cerveja.


Informações

Exposição: Rio na Rua
Local: Espaço Cultural Sérgio Porto (INFORMAÇÕES)
Ingressos: Grátis.
Data(s): Até 20 de julho de 2010.
Horário(s): De quarta a sábado, das 14h às 21h e aos domingos, das 14h às 20h.
Foto: Divulgação

Um comentário:

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.