quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

MUNDO ATEMPORAL


Venho nesta última postagem de minha coluna, neste ano de 2008, trazer as principais novidades e notícias da Cia. De Teatro Atemporal e minhas novidades, também.

No Rio de Janeiro, os trabalhos não andam bem em nossa companhia. João Carlos Rota, atual responsável da Cia. De Teatro Atemporal planejava retomar os trabalhos da companhia ainda neste fim de ano. Mas, como o auditório do Colégio Santo Antonio foi vetado, João havia passado para mim que os trabalhos poderiam ser realizados no "Camarim da Artes" na Freguesia.

Daqui de Natal, eu tenho me comunicado por telefone com João Carlos Rota. Em uma das primeiras vezes que falei com ele, João me passou que tudo estava fechado com o "Camarim da Artes" para que a companhia viesse a realizar seus trabalhos, porém o horário dos trabalhos começariam mais cedo, ás 18:00hs e terminariam mais cedo entre 20:30hs, 21:00hs.

Também por telefone, eu falei com os artistas da companhia. Passei para eles que estou bem e os incentivei muito para continuarem firmes e fortes. Nos primeiros contatos passei os novos horários, o novo local de trabalho e alguns métodos implantados por João Carlos Rota.

A princípio, houve incompreensão de parte dos artistas da companhia, quanto aos horários, pois a maioria sai de um trabalho ás 18:00hs e vai trabalhar na companhia. Em sua maioria, nossos artistas enfrentam muitos contratempos para chegar ao local de trabalho da Cia. De Teatro Atemporal. Muitas vezes, quando nossos trabalhos eram realizados no auditório do Colégio Santo Antonio, haviam artistas que chegavam com 30 ou 40 minutos de atraso, devido ao transito caótico na cidade do Rio de Janeiro.

Talvez você me pergunte: "Clemente, por que os horários de trabalho da Cia. De Teatro Atemporal tende começar mais cedo no Camarim da Artes?"

Segundo João Carlos Rota, deveria começar mais cedo, porque ás 21:00hs no Camarim da Artes é realizado um trabalho de capoeira e o horário deles não poderia ser alterado.

Pois bem, João Carlos Rota chegou a fazer uma reunião e trabalhar o pessoal.

Mas aí surgiram os problemas. Quando eu ainda estava no Rio e era responsável da companhia, Andra Santos e Jefferson Mota estavam comparecendo com pouca freqüência aos nossos trabalhos, devido a outros trabalhos e compromissos pessoais. Com isso ambos estavam se afastando da companhia.

Segundo as notícias que recebi do Rio, nos dias de trabalhos realizados por João Carlos Rota no Camarim das Artes havia, uma grande incompatibilidade de horário. Esse foi um dos motivos que a Cia. De Teatro Atemporal encerrou seus trabalhos este ano.

O que será feito agora?

O Seguinte: Eu, Clemente, entrarei em negociação com a direção do Colégio Santo Antonio, para que a companhia retorne a realizar seus trabalhos no auditório do local. Nós temos um espetáculo com estréia prevista para o primeiro semestre do próximo ano! Temos pautas agendadas em teatros da cidade do Rio de Janeiro, para março e maio de 2009. As coisas precisam ser agilizadas.

Então, a Cia. De Teatro Atemporal retomará seus trabalhos no inicio do próximo ano.

Sobre mim, em breve, estaremos no Rio de Janeiro. Eu decidi que o tempo que ficarmos aqui no Rio Grande do Norte, eu irei trabalhar e me aperfeiçoar. Desejo voltar para o Rio mais maduro e experiente.

Não sei quando estaremos no Rio de Janeiro, mas um dia estaremos de volta.

O ano de 2008 foi um tanto difícil para Cia. De Teatro Atemporal e para eu pessoalmente.

RUIM PARA CIA. EM 2008

O principal fato ruim para Cia. De Teatro Atemporal em 2008 foi que um trabalho a longo prazo estava sendo feito e de repente, foi desfeito. Neste ano, a companhia também encontrou sérias dificuldades para encontrar apoio e pessoas para integrar elenco de artistas. Os ex.alunos do Projovem, André Luiz Cea da Silva e o professor de Arte & Cultura do Projovem, Ignacio Aldunate, abandonarem a companhia neste ano, também foi um fato negativo.

BOM PARA CIA. EM 2008

Sem sombra de dúvidas, o que de melhor aconteceu na Cia. De Teatro Atemporal em 2008 foi a direção geral do SENHOR JESUS, que tomou posse. Desde que assumimos a responsabilidade da companhia, passamos a mesma e sua direção geral para total e exclusividade DELE.

O fato da companhia andar com suas próprias pernas após os nossos estudo no Colégio Juliano Mureira, foi marcante. A chegada da Glória, da Alexia e do Jorge á companhia foi algo maravilhoso! Maravilhoso também foi ter a Andra (Quitéria) e o Durval, os únicos remanescentes do colégio, que ficaram conosco após a saída de muita gente.

A excursão da companhia ao espetáculo "Chiquinha Gonzaga - 160 Anos de Glória" em Copacabana, também foi marcante.

Vale registrar o nosso maravilhoso Blog, que nasceu este ano!

RUIM PARA MIM EM 2008

O fato de nós não teremos dado continuidade aos trabalhos da companhia no Rio de Janeiro, foi o fato mais negativo que aconteceu em minha vida neste ano de 2008.

BOM PARA MIM EM 2008

Sem dúvidas, que de melhor aconteceu na minha vida em 2008, em 1° Lugar foi eu ter me apegado com DEUS e em 2° Lugar foi ter conhecido a Minha Linda, Glória Maria de Paiva Abreu, a garota mais fantástica e linda que já conheci, tanto por fora como por dentro!

Eu ter concluído os cursos de Informática na Microlins, de Teatro - Texto e Improvisação, Oficina de Interpretação, Roteirista, Produção Cultural e Cenografia, foi muito legal.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Este foi um ano de alegrias e tristezas. Mas o mais importante é refletir sobre os acontecimentos, a jornada do dia-a-dia e, concluir ao final, que tivemos um saldo de crescimento e aprendizado.

Agradecemos a você por nos acompanhar e torcer pelo crescimento da Cia. De Teatro Atemporal.

Desejamos que este Natal seja o início da construção de um caminho de amor, alegria e de esperança para todos nós.

Feliz Natal e Feliz Ano Novo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Cia. De Teatro Atemporal agradeçe os seus comentários.